Repositório Digital

A- A A+

Jovens grafando relações entre idosos e cidade pela cartografia colaborativa digital

.

Jovens grafando relações entre idosos e cidade pela cartografia colaborativa digital

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jovens grafando relações entre idosos e cidade pela cartografia colaborativa digital
Autor Cardoso, Juliana Carvalho
Orientador Tonini, Ivaine Maria
Co-orientador Martins, Rosa Elisabete Militz Wypyczynski
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Envelhecimento da população
Idosos
[en] City of Porto Alegre
[en] Digital Collaborative Cartography
[en] Elderly
[en] Geographies
[en] Population Aging
Resumo Com a intencionalidade de se colaborar com uma cartografia digital proposta, a pesquisa desenvolveu uma metodologia rizomática para se grafar as relações entre os Idosos e a cidade de Porto Alegre. Tal leitura-grafia foi construída pelos alunos do 3º Ano, Turma 312, do Ensino Médio do Instituto de Educação Flores da Cunha. A aprendizagem, baseada no estudo de demografia, conhecimento adquirido ao longo dos anos escolares na disciplina de Geografia, mas cujo estudo mais complexo se dá durante o ensino médio, através do estudo das populações – com ênfase na população brasileira – teve o estudo do envelhecimento da população como norteador da pesquisa. Para tal, aprofundamos os estudos, sob as lentes da Geografia e dos Estudos Culturais, para as transformações demográficas que acontecem a nível mundial, federal e estadual, discutindo questões políticas públicas, panoramas sociais e econômicos de os diferentes discursos que constroem múltiplas facetas sobre a terceira idade. Apontamos nosso olhar para o cotidiano da cidade de Porto Alegre e miramos nas questões de infraestrutura e acesso à cidade, ao lazer e à saúde da população Idosa. Perante a esse leque de possibilidades, acabamos por escolher, durante os percursos trilhados, aqueles caminhos que nos ofereceram sentido para a nossa cartografia das representações do envelhecer em Porto Alegre. Pretendeu-se com isso, além de abordar temas estudados em sala de aula, aproximar as gerações, observar os usos dos espaços na cidade de Porto Alegre e construir no jovem uma consciência dos problemas sociais decorrentes do envelhecimento da população brasileira, e os enfrentamentos que essa população tem seu cotidiano. Todas as informações sistematizadas, referentes à população idosa de cada cidade, construíram o que se denomina atualmente de Cartografia Colaborativa digital, onde, os dados e informações que coletamos ao longo da pesquisa serviram para compartilhar digitalmente e compor nossa colaboração na cartografia da página de internet “Mapeando o topo da pirâmide”.
Abstract With the intentionality of collaborating on a proposed digital cartography, the research developed a rhizomatic methodology to describe relationships between the elderly and the city of Porto Alegre. This reading-graphic was built by students of the 3rd Year of high school, Class 312, of the Institute of Education Flores da Cunha. Learning, based on the study of demography, knowledge acquired during school years of the discipline of Geography, but whose more complex study is given at high school level, through the study of populations - with emphasis on the Brazilian population - being the population aging studies our research guide. In order to do so, we deepen the studies, under the lenses of Geography and Cultural Studies, into demographic transformations that take place at the world, federal and state levels, discussing public policy issues, social and economic scenarios of the different speeches that construct multiple facets about third Age. We turn our eyes to the daily life of the city of Porto Alegre and aim at the issues of infrastructure and access to the city, leisure and health of the elderly population. Under this range of possibilities, we ended up choosing, along the trails traveled, the paths that gave us meaning for our cartography of the representations of aging in Porto Alegre. It was intended, besides addressing topics studied in the classroom, to bring the generations closer together, to observe the uses of spaces in the city of Porto Alegre and to build in the young person an awareness of the social problems resulting from the aging of the Brazilian population, and the confrontations on which this population has its daily life. All the systematized information about the elderly population of each city built what is currently called Digital Collaborative Cartography, where the data and information we collected over the research served to digitally share and compose our collaboration in the cartography of the website “Mapeando o topo da Pirâmide" (Mapping the top of the pyramid).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/165445
Arquivos Descrição Formato
001044270.pdf (6.049Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.