Repositório Digital

A- A A+

Ação sindical do movimento docente universitário : 1982/2002

.

Ação sindical do movimento docente universitário : 1982/2002

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ação sindical do movimento docente universitário : 1982/2002
Autor Vergara, Alcides José Sanches
Orientador Cattani, Antonio David
Data 2003
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Ação social
Professores universitários
Sindicalismo
Resumo Esse trabalho analisa aspectos da ação sindical dos docentes do ensino superior brasileiro no período de 1982 a 2002, após identificar as mudanças gerais nas relações de trabalho em decorrência da reestruturação no mundo do trabalho e na esfera da educação e no trabalho docente. Na seqüência, são reconstituídas as principais iniciativas sindicais dos docentes do ensino superior e analisadas as concepções dos dirigentes sindicais do ANDES -Sindicato Nacional. O contexto das grandes transformações sócio-econômicas teve forte impacto nas organizações sindicais dos trabalhadores e em particular, na categoria docente. A partir dos anos 90, o sindicalismo sofreu com a fragmentação da base militante, com o afastamento de muitos professores e, também, com o acirramento das disputas internas enfraquecendo a representação política. Verificou-se que houve uma divisão em grupos assim distribuídos: a) um núcleo de militantes que mantém uma relação orgânica com o movimento e exerce funções de direção; b) um agrupamento igualmente atuante que busca ampliar a pauta sindical e desenvolver uma ação mais institucional; c) um terceiro grupo, maioria do professorado - que atua apenas nas grandes mobilizações com as greves e, finalmente d) aqueles que não participam mais de nada. Em que pesem as divisões internas do movimento, o sindicato ainda mantém a capacidade de mobilização e de interlocução junto à categoria. O discurso e a vivência das lideranças revelam que apesar da fragmentação e diferenciação da ação militante durante o período, a renovação do movimento sindical tem acontecido. A atividade militante se mantém numa relação de continuidade e compromisso com a luta sindical muito embora não nos mesmos patamares alcançados em períodos anteriores. O grande mérito do movimento docente foi o de ter introduzido no espaço acadêmico as demandas sociais e as questões políticas e sindicais rompendo com a visão elitista e conservadora reprodutora dos interesses das classes dominantes. Esse continua sendo o desafio na atual conjuntura.
Abstract This work analyses aspects of the labor activites of the brazilian university teachears from 1982 to 2002, beginning with an identification of the general changes on the work relationships that occurred as a consequence of the restructuring of the workworld, education and teachers work. The main labor initiatives o f the universities teachers are then reconstructed, ande the conceptions o f the labor leaders from ANDES - Sindicato Nacional are analized. The context o f the great social and economic changes has had a strong impact on the workers labor organizations, and particularly on the teachers group. Beginning in the nineties, the labor movement was hampered by a fragmentation o f its base o f militants, by the withdraw of many teachers, and also by an intensification of an inner dispute that weakened its political representativeness. It is observed that the teachers have divided into the following groups: a) a nucleus o f militants which keeps an organic relationship with the movement and leads it; b) a group which is as active as the first, but which tries to widem the scope of the labor uniom, and also tries to develop actions that are more institutional in their nature; c) a third group, which comprises most o f the teachers, and wich acts only at great mobilization, such as on strikes; d) and finally, there are those who withdrew from any participation. Despite the inner divisions of the movement, the Union still maintains its capability of mobilizing its members, as it also maintains its power to speak with and for its members. The discourse and experience of the leadership reveals that despite the fragmentation and diferentiation of the militants actions during that period, a renewing o f the labor movement has happened. The militancy maintains itself in a relationship of continuity and commitment with the labor struggle, although it did not reach the same leveis previously attained. The greatest merit o f the university teachers movement was to introduce social demands, and political and labor issues into the academic world, thereby breaking apart from the élitism and the conservative view which reproduces the ruling class interests. This continues to be its challenge in the present context.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/165452
Arquivos Descrição Formato
000392130.pdf (3.483Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.