Repositório Digital

A- A A+

Escuta e experiência nas rodas de conversa com professores no contexto da inclusão : da "rua de mão única" às "passagens"

.

Escuta e experiência nas rodas de conversa com professores no contexto da inclusão : da "rua de mão única" às "passagens"

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Escuta e experiência nas rodas de conversa com professores no contexto da inclusão : da "rua de mão única" às "passagens"
Outro título Listening and Experience at the Conversation Rounds with teachers in the inclusion context: From “One-Way Street” to “Passages”
Autor Fasolo, Liege Bertolini
Orientador Gurski, Rose
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicanálise: Clínica e Cultura.
Assunto Artaud, Antonin, 1896-1948
Educação inclusiva
Formação profissional
Professores
[en] Experience
[en] Inclusion
[en] Knowledge
[en] Psychoanalysis
[en] Teacher’s continuous education
[en] Truth
Resumo A presente pesquisa teve como ponto de partida a experiência com docentes que recebem crianças consideradas da educação especial em duas escolas públicas de uma cidade do interior do Rio Grande do Sul. O estudo investigou o modo como as Rodas de Conversa podem contribuir para a formação continuada de educadores que recebem alunos de inclusão. O objetivo principal foi ofertar condições para que as professoras narrassem suas experiências cotidianas com esses alunos e que, por meio dessas narrativas, pudessem apostar mais na construção de um saber singular acerca de seu fazer docente. As interrogações norteadoras da pesquisa foram: é possível que se produzam movimentos nas narrativas e, quiçá, nas posições discursivas das educadoras através das Rodas de Conversa? As Rodas seriam potentes como dispositivo de formação dirigida a educadores que recebem alunos de inclusão? A metodologia utilizada para a condução e a análise do material foi inspirada na escuta psicanalítica – a atenção flutuante, do lado da pesquisadora; a associação livre, na fala dos docentes; e a temporalidade do a posteriori, na análise dos materiais –, conjugada aos efeitos ético-metodológicos advindos do tema da experiência em Walter Benjamin. As Rodas, pela escuta da dimensão da experiência dos docentes, funcionaram como espaços de acolhimento aos alunos considerados da educação especial, onde muitas vozes, palavras e vivências puderam ser enunciadas, criando assim condições para que se desse o trânsito da “Mão Única” para as “Passagens”. É nesse sentido que apostamos na construção do saber da experiência como via de travessia para uma micropolítica de inclusão nas escolas.
Abstract The present research had as a starting point the experience with teachers who assist children with special needs in two public schools in a countryside city of Rio Grande do Sul. The study investigated the way the Conversation Rounds can contribute to the continuous education of teachers who have students from inclusion. The main purpose was to offer conditions for the teachers to talk about their daily experiences with these students and, through these narratives, they could invest more in the development of singular knowledge involving their teaching practice. The questions which guided this research were: Is it possible to produce movement in the narratives and, perhaps, in the discursive attitude of the teachers? Would the Rounds be powerful to a formative proposal directed to the teachers who work with special needs education? The methodology used to conduct and analyze the material at the Rounds was inspired in the psychoanalytic listening – by the researcher’s suspended attention, the free association at the teacher’s talking and the deferred temporality at the material analysis - combined with the ethics-methodological effects from Walter Benjamin’s theme of experience. Using elements like listening, experience, knowledge and truth, several voices, words and experiences could be interlaced and thus, being a way to make working and welcoming special needs students more creative. We can say that the Conversation Rounds, when they go from a “One-way” to “Passages”, they point to the development of knowledge based on experience and, thus having the possibility of becoming an inclusion micro-policy at schools.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/165471
Arquivos Descrição Formato
001045949.pdf (991.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.