Repositório Digital

A- A A+

Análise de riscos na operação de extrusão na Cooperativa de Dois Irmãos e a exclusão de gênero no processo produtivo

.

Análise de riscos na operação de extrusão na Cooperativa de Dois Irmãos e a exclusão de gênero no processo produtivo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de riscos na operação de extrusão na Cooperativa de Dois Irmãos e a exclusão de gênero no processo produtivo
Autor Serpa, Lourenço Luis de Marchi
Orientador Cardozo, Nilo Sérgio Medeiros
Co-orientador Castilhos, Assis Francisco de
Santos, Cassandra Dalle Mulle
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Química.
Assunto Engenharia química
Resumo A atividade de recicladores e cooperativas envolve riscos em todas as etapas do processo de reciclagem, desde a catação dos resíduos sólidos urbanos, até o processamento e beneficiamento dos plásticos pós-consumo. Apesar da alta composição de mulheres na força de trabalho total na atividade de reciclagem (75%), a composição de mulheres na indústria cai para 25% do total de trabalhadores, setor esse o qual se insere cooperativas que realizam o beneficiamento total do plástico, vendendo-o peletizado, como é o exemplo da Cooperativa de Dois Irmãos (CDI), onde foi desenvolvido este trabalho. Na CDI, dos 36 trabalhadores, apenas 4 são mulheres. Aceitando-se a hipótese que operações com elevados riscos associados contribuem diretamente para a exclusão de gênero em operações industriais, procurou-se avaliar os riscos no processo utilizado na CDI. O estudo aqui descrito primeiramente identifica a operação de extrusão como a que envolve os maiores riscos, e dos materiais processados o polipropileno (PP) como o material que amplifica ainda mais os riscos descritos. A operação de extrusão foi separada em 4 etapas distintas onde havia carregamento de pesos, e a operação de troca de tela da matriz. Aplicou-se então o método NIOSH da equação do Limite de Peso Carregado (LPR) para cada uma das 4 etapas onde havia carregamento de peso, e calculou-se os respectivos valores do índice de levantamento (IL). Para a avaliação de riscos na operação da troca de tela da matriz foi aplicado o método da matriz GUT. Os resultados obtidos nas 4 etapas indicaram que em 2 delas houve índices de levantamento acima do máximo 3, indicando que o operador levanta mais de 3 vezes mais peso do que deveria. Para a troca de tela da matriz os riscos avaliados envolveram o uso de força demasiada no rosqueamento da matriz, e a exposição a altas temperaturas do equipamento e do material. Obteve-se assim, para essa operação, um índice da matriz GUT de 75, considerado elevado. Recomendou-se a adoção de transportadores manuais de pallets de madeira para o melhor carregamento das cargas envolvidas, o uso de correias para a alimentação da extrusora, ou um projeto de transportadores de esteira. Para a diminuição dos riscos na troca da tela da matriz, recomenda-se que na compra de equipamento novo seja dada prioridade àquele que tiver essa troca automática, sem necessidade de intervenção manual. Avaliou-se também a produtividade alcançada no processo de extrusão do PP, chegando-se à conclusão que nas condições atuais de operação ocorre uma perda de 17% com relação à produtividade máxima que poderia ser alcançada. Logo, as mesmas soluções apontadas para a diminuição dos riscos envolvendo a operação da extrusora e que permitam uma maior inclusão da mulher também irão impactar diretamente na produtividade.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/165628
Arquivos Descrição Formato
001045930.pdf (1.736Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.