Repositório Digital

A- A A+

Discurso, autonomia e educação popular : efeitos de sentidos nos enunciados discentes

.

Discurso, autonomia e educação popular : efeitos de sentidos nos enunciados discentes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Discurso, autonomia e educação popular : efeitos de sentidos nos enunciados discentes
Autor Bordignon, Maria Eugênia Zanchet
Orientador Fiss, Dóris Maria Luzzardi
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Autonomia
Discurso
Educação popular
[en] Autonomy
[en] French discourse analysis
[en] Popular education
Resumo Da perspectiva da Análise de Discurso francesa fundada por Michel Pêcheux, um dos aspectos essenciais da língua é a sua materialidade ideológica. A ideologia, por esta razão, se consubstancia no discurso. Todo ato enunciativo praticado traz consigo um todo complexo de efeitos de sentidos, memórias, contextos e sujeitos que respondem pelas condições nas quais cada um deles foi produzido. Examinar os modos pelos quais se manifesta a ideologia nos discursos, desse modo, é uma etapa fundamental para um entendimento acerca de como se constitui, em dados discursos, o sentido. O objeto de pesquisa do presente estudo são os discursos de estudantes da educação popular - mais precisamente, de um PVP. Trata-se de pesquisa qualitativa que incorporou a técnica de geração de dados com grupo focal por meio de que foi estabelecido um diálogo com as estudantes do Curso PVP que foram interlocutoras da investigação. O principal objetivo foi uma análise acerca dos efeitos de sentido de autonomia manifestos nos discursos desses sujeitos no que tange temáticas que tocam relações de classe, gênero e etnia. Na busca pela compreensão dos efeitos de sentidos de autonomia identificados nos discursos discentes, foi movimentado o aparato teórico-metodológico da Análise de Discurso pecheuxtiana – desde suas concepções fundadoras até sua caixa de ferramentas, condição de operação da AD enquanto disciplina de entremeio. A concepção freireana de autonomia se configurou como pedra de toque do gesto interpretativo empreendido haja vista seus sentidos reverberarem nos depoimentos recortados para análise. Nos discursos analisados, foi possível reconhecer também vestígios de luta identificada a determinadas posições discursivo-ideológicas, o que permite perspectivar que os princípios da educação popular nos quais se balizam as ações protagonizadas no Curso PVP investigado afetem, sob certo aspecto, os modos a partir dos quais as estudantes interlocutoras da pesquisa (se) significam.
Abstract From the perspective of the French Discourse Analysis founded by Michel Pêcheux, one of the essential aspects of language is its ideological materiality. Ideology, for this reason, is embodied in discourse. Every enunciative act practiced brings with it a complex whole of effects of senses, memories, contexts and subjects that respond by the conditions in which each one of them was produced. Examining the ways in which ideology manifests itself in discourses, thus, is a fundamental stage for an understanding of how sense is constituted in discourses. The research object of the present study are the discourses of students of popular education - more precisely, of a PVP. It is a qualitative research that incorporated the technique of data generation with focus group through which a dialogue was established with the students of the PVP course who were interlocutors of the research. The main objective was an analysis about the effects of the sense of autonomy manifested in the discourses of these subjects in relation to themes that touch on relations of class, gender and ethnicity. In the search for an understanding of the effects of senses of autonomy identified in the students discourses, the theoretical and methodological apparatus of the Pecheuxtian Discourse Analysis was moved - from its founding conceptions to its toolbox, condition of operation of the AD as an intermission discipline. The Freirean conception of autonomy was configured as the touchstone of the interpretative gesture undertaken as its senses reverberated in the testimonies cut out for analysis. In the speeches analyzed, it was possible to recognize vestiges of identified struggle with certain discursive-ideological positions, which allows to realize that the principles of popular education in which the actions carried out in the PVP course investigated are affected, in a certain aspect, the ways of which the research interlocutor students mean themselves.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/165718
Arquivos Descrição Formato
001045756.pdf (3.661Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.