Repositório Digital

A- A A+

Relações Estados Unidos e Cuba : da construção do imperialismos americano à Primeira Guerra Mundial

.

Relações Estados Unidos e Cuba : da construção do imperialismos americano à Primeira Guerra Mundial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações Estados Unidos e Cuba : da construção do imperialismos americano à Primeira Guerra Mundial
Autor Soares, Bruno Johnson
Orientador Haines, Andrés Ernesto Ferrari
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Cuba
Imperialismo
Política externa : Estados Unidos
Primeira Guerra Mundial (1914-1918)
[en] American foreign policy for Latin America
[en] American imperialism
[en] Cuban independence
[en] Hispano-American war
[en] Platt amendment
Resumo Objetiva-se, através deste estudo, analisar a construção da política externa dos Estados Unidos para a América Latina e Caribe tendo como foco central as suas consequências e os seus desdobramentos pra Cuba, tendo em consideração ser esta ilha a representação máxima do expansionismo e do imperialismo americano. Para executar esta tarefa, foi realizado o estudo de documentos e fontes primárias; a revisão histórica sobre os conceitos centrais de política externa americana; e a revisão bibliográfica sobre o imperialismo e intervencionismo americanos na América Latina e Caribe tendo como foco as consequências da Guerra Hispano-Americana e, assim, discutir sobre as intenções americanas para Cuba. Procura-se demonstrar a intenção americana de dominar e expandir sua influência em nível mundial, sendo assim, , busca-se ressaltar a importância da Guerra entre Espanha e Estados Unidos (no final do Século XIX e início do XX) para este feito e, comparativamente, analisar as diferenças essenciais no plano imperialista americana para Cuba e para as demais regiões adquiridas no Tratado de Paz de Paris (1989) – Guam, Filipinas e Porto Rico. Esta comparação serve para responder a pergunta principal sobre o porquê de os Estados Unidos não haverem anexado Cuba, em contrapartida, as anexações dos demais territórios.
Abstract The present study aims to analyze the construction of the United States' foreign policy in Latin America and the Caribbean, focusing it efforts on its consequences for Cuba, considering that this island is the maximum representation of the American expansionism and Imperialism. To perform this task, the study of primary documents and sources was carried out; as long as the historical review of the central concepts of American foreign policy; and also, the bibliographic review of US imperialism and interventionism in Latin America and the Caribbean, focusing on the consequences of the Spanish-American War and thus discussing US intentions for Cuba. This paper seeks to demonstrate the American intention to dominate and expand its influence on a world level, thus, it is sought to emphasize the importance of the War between Spain and the United States (in the end of the 19th century and in the beginning of the 20th century) for this achievement and, comparatively, to analyze the essential differences in the American imperialist plan for Cuba and for the other regions acquired in the Treaty of Peace of Paris (1989) - Guam, Philippines and Puerto Rico. This comparison serves to answer the main question about why the United States did not annex Cuba, in contrast of the annexations of the other territories.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/166100
Arquivos Descrição Formato
001026493.pdf (610.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.