Repositório Digital

A- A A+

Osteochondroma in a young cat infected by feline leukemia virus

.

Osteochondroma in a young cat infected by feline leukemia virus

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Osteochondroma in a young cat infected by feline leukemia virus
Outro título Ostecondroma em um felino jovem infectado pelo vírus da leucemia felina
Autor Reis, Matheus de Oliveira
Mello, Lauren Santos de
Hesse, Kivia L.
Lorenzett, Marina Paula
Reis, Kauê Danilo
Campos, Fabrício Souza
Roehe, Paulo Michel
Pavarini, Saulo Petinatti
Abstract : Osteochondromas are primary bone tumors characterized by cartilage-covered bone projections involving single or multiple masses (osteochondromatosis). This study reports the clinical and pathological findings from a young domestic cat with osteochondroma in the humerus. During the clinical evaluation, the animal had pronounced right forelimb musculature atrophy and an increased distal humeral volume. Histopathological examination of the neoplasm revealed a proliferative lesion characterized mostly by endochondral ossification and peripheral foci of proliferating cartilage tissue. Further testing using immunohistochemical staining and polymerase chain reaction revealed the presence of feline leukemia virus antigens in the hematopoietic cells of the bone marrow and FeLV proviral DNA in the peripheral blood lymphocytes. Clinical and pathological findings are consistent with osteochondroma. This neoplasm occurred in an eight-month-old feline with humeral enlargement that had been present since two months old.
Resumo : O osteocondroma é um tumor ósseo primário que se caracteriza por apresentar uma projeção óssea recoberta por cartilagem que pode ser formado por uma única ou por múltiplas massas (osteocondromatose). O objetivo deste trabalho é descrever os achados clínicos e patológicos de um felino jovem com osteocondroma no úmero. Na avaliação clínica, o felino apresentava atrofia acentuada da musculatura do membro torácico direito além de um aumento de volume em região distal do úmero. No exame histopatológico, observou-se uma lesão proliferativa composta em sua maior parte por ossificação endocondral com focos periféricos de tecido cartilaginoso proliferado. Testes de imuno-histoquímica e reação em cadeia da polimerase revelaram a presença de antígenos de FeLV em células da linhagem hematopoiética da medula óssea e DNA proviral em linfócitos do sangue periférico, respectivamente. Os achados clínicos e patológicos foram consistentes com um osteocondroma em um felino jovem, com oito meses de idade, com lesão em úmero desde os dois meses de idade.
Contido em Ciência rural. Santa Maria. Vol. 47, n.1 (2017), [4p.]
Assunto Leucemia felina
Neoplasias : Doenca animal
Osteocondromatose
[en] Bone cancer
[en] FeLV
[en] Osteochondromatosis
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/166102
Arquivos Descrição Formato
001044954.pdf (442.2Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.