Repositório Digital

A- A A+

As atuações do Brasil e da China em Angola e Moçambique no século XXI

.

As atuações do Brasil e da China em Angola e Moçambique no século XXI

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As atuações do Brasil e da China em Angola e Moçambique no século XXI
Autor Costa, Lívia Machado
Orientador Duarte, Érico Esteves
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Angola
Brasil
China
Moçambique
Relações internacionais
[en] Brazilian performance
[en] Chinese performance
Resumo O presente trabalho propõe-se a fazer uma análise das inserções de Brasil e China em Angola e Moçambique, pautada pela a hipótese de que a maneira como as duas potências emergentes atuam nos países africanos supracitados pode vir a ser antagônica em longo prazo. Para atingir esse objetivo, primeiramente foi realizada uma revisão histórica da ação de Brasil e China no continente africano, com o intuito de identificar condicionantes estruturais e diagnosticar seu atual estado de relações. Em seguida, delineou-se a pesquisa em dois estudos de caso específicos na África Meridional, Angola e Moçambique, cujos roteiros analíticos enquadram cinco elementos, sejam eles: perspectiva histórica da presença de cada potência emergente nos países africanos supracitados; análise de comércio e investimentos; projetos; empresas atuantes; e desafios. Solidificado por uma revisão bibliográfica, o trabalho também teve como alicerces a utilização de documentos primários, relatórios elaborados por instituições internacionais e consultorias. Conclui-se com os estudos de caso específicos mencionados que as performances de Brasil e China têm motivações diferentes e por vezes conflituosas quando mencionada a disputa por projetos nos países em questão.
Abstract This work intends to analyze the capacity of inserting of Brazil and China in Angola and Mozambique. The working hypothesis is that the approach of the emerging powers in the abovementioned African countries has the potential to be antagonistic in the long term. In order to reach this goal, a historical review of Brazilian and Chinese relations with the African continent was first presented, in order to identify structural constraints and to diagnose their current state of relations. Next, the research was conducted with two case studies in Southern Africa, Angola and Mozambique, summarized in five frameworks: historical perspective of the presence of each emerging power in the abovementioned African countries; trade and investment analysis; projects; operating companies; and challenges. Based on a bibliographic review, the paper also researched a series of primary resources, including oficial documents and data made available by international institutions and consultancies. In conclusion, regarding the performances of Brazil and China in Angola and Mozambique, it is possible to aknowledge different and conflicting motivations with respect to the dispute for projects in the countries in question.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/166107
Arquivos Descrição Formato
001026476.pdf (1.081Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.