Repositório Digital

A- A A+

Reforma agrária, modernização da agricultura e industrialização na Coreia do Sul

.

Reforma agrária, modernização da agricultura e industrialização na Coreia do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reforma agrária, modernização da agricultura e industrialização na Coreia do Sul
Autor Baldasso, Tiago Oliveira
Orientador Campregher, Gláucia Angélica
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Coréia do Sul
Industrialização
Modernização agrícola
Reforma agrária
[en] Agriculture
[en] Development
[en] Industrialization
[en] Land reform
[en] South Korea
Resumo A Coreia do Sul é um dos poucos países que logrou industrializar-se em um curto período de tempo e é provavelmente o exemplo de maior sucesso de superação do subdesenvolvimento no período do pós-Guerra. A industrialização do país tomou forma após um período conturbado onde realizou-se uma Reforma Agrária. Este trabalho tem como objetivo analisar como a Reforma Agrária, aliada à modernização da agricultura conduzida pelo Estado, influenciou positivamente na produtividade da agricultura, possibilitando ao governo coreano canalizar recursos deste setor para a indústria nascente. Partimos da hipótese de que sem um Estado forte e centralizado e sem uma reforma agrária esse processo não teria sido possível, inviabilizando ou retardando o desenvolvimento industrial, uma vez que a agricultura não poderia cumprir suas funções no desenvolvimento capitalista: acumular capital, liberar mão de obra e constituir um mercado inicial para a indústria.
Abstract South Korea is one of the few nations that managed to achieve industrialization in a short period of time and it is probably the best example in terms of overcoming underdevelopment on the second half of the 20th century. Industrialization on the country took place after a chaotic period in which a Land Reform was carried. This work intends to analyze how the land reform, combined with the modernization of agriculture carried out by the State, influenced positively on agriculture’s productivity, boosting yields and generating surpluses that the State was able to direct into the infant industry. Our hypothesis is that without a strong and centralized State and without the Land Reform, this process wouldn’t have been possible, hindering or delaying significantly the industrialization process, once agriculture wouldn’t be able to provide its three main functions on capitalist development: accumulating capital, freeing up labor for industry and constituting an initial market for infant industry.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/166108
Arquivos Descrição Formato
001026454.pdf (713.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.