Repositório Digital

A- A A+

Defesa e desenvolvimento : análise dos casos de Reino Unido, EUA e China

.

Defesa e desenvolvimento : análise dos casos de Reino Unido, EUA e China

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Defesa e desenvolvimento : análise dos casos de Reino Unido, EUA e China
Autor Rosa, Luana Jardim Arosteguy da
Orientador Martins, José Miguel Quedi
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto China
Estados Unidos
Reino Unido
Relações internacionais
[en] China
[en] Defense industry
[en] Development strategy
[en] United kingdom
[en] USA
Resumo Este trabalho tem por objetivo investigar a correlação existente entre (a) a Indústria de Defesa (b) a Estratégia de Desenvolvimento e (c) a Inserção Internacional, sendo essas as principais variáveis do estudo. Assim, realiza-se uma análise comparada entre três estudos de caso, são eles, Reino Unido (1870-1922), EUA (1930-1980) e China (1970-2000). Busca-se analisar o arranjo de seus complexos militares industriais e sua interação com a estratégia de desenvolvimento e inserção internacional do país. Acredita-se que a comparação entre os três casos – ainda que possuam diferenças significativas – permite extrair as seguintes hipóteses: (i) a indústria de defesa foi instrumento de aplicação de políticas sócio-econômicas; (ii) contribuiu para a obtenção do que Celso Furtado chamou de Centros de Decisão Econômica; e (iii) a conjunção do desenvolvimento econômico com a defesa e o fortalecimento militar serviu para manter (Inglaterra), ampliar (EUA) ou projetar (China) a inserção internacional do país nos períodos analisados. O trabalho está dividido em uma introdução, três capítulos, cada um referente a um estudo de caso, e uma conclusão. Na conclusão pretende-se verificar as hipóteses e extrair elementos importantes para o debate no Brasil acerca da construção de uma Base Industrial de Defesa como prescrito na Estratégia Nacional de Defesa (END).
Abstract This work aims to investigate the correlation between (a) Defense Industry (b) Development Strategy and (c) International Insertion; these are the main variables of the study. For that, it is carried out a comparative analysis between three case studies, namely, United Kingdom (1870-1922), USA (1930-1980) and China (1970-2000). It seeks to analyze the arrangement of the industrial military complexes and its interaction with the development strategy and international insertion of the countries. It is believed that the comparison between the three cases - although they have significant differences - allows us to draw the following hypotheses: the defense industry was (i) an instrument for the application of socioeconomic policies; (ii) it contributed to the obtainment of what Celso Furtado called Economic Decision Centers; and (iii) the conjunction of economic development with the defense strengthening served to maintain (United Kingdom), expand (USA) or project (China) the country's international insertion in the analyzed periods. The paper is divided into an introduction, three chapters, each relating to a case study, and a conclusion. The conclusion is intended to verify the hypotheses and extract important elements for the debate in Brazil about the construction of a Defense Industrial Base as prescribed in the brazilian National Defense Strategy.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/166147
Arquivos Descrição Formato
001026475.pdf (1.049Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.