Repositório Digital

A- A A+

Grazing management in an integrated crop-livestock system : soybean development and grain yield

.

Grazing management in an integrated crop-livestock system : soybean development and grain yield

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Grazing management in an integrated crop-livestock system : soybean development and grain yield
Outro título Manejo do pastejo em sistemas integrados de produção agropecuária : desenvolvimento e rendimento de grãos de soja
Autor Kunrath, Taise Robinson
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Cadenazzi, Monica
Bredemeier, Christian
Anghinoni, Ibanor
Abstract Grazing livestock in integrated crop-livestock systems can cause impacts in the subsequent crop cycle. Aiming to investigate how grazing could affect soybean, the 9th crop cycle of a pasture/soybean rotation was assessed. Treatments were grazing intensities (10, 20, 30 and 40 cm of sward height) applied since 2001 in a mixed of oat and annual ryegrass; and an additional no grazing area as control. Treatments were arranged in a completely randomized block design with three replicates. Grazing affected soybean population and the mass of individual nodules (P<0.05), while the number and mass of nodules per plant were similar (P>0.05). Soybean yield showed differences among treatments, but no difference was found between grazed and non-grazed areas. Grazing intensities impact the coverage and frequency of weeds (P>0.05). In conclusion, grazing intensity impacts different parameters of soybean yield and development, but only the grazing intensity of 10 cm can jeopardize the succeeding soybean crop.
Resumo Em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária, a presença dos animais em pastejo pode provocar alterações na produção das culturas subsequentes. Com o objetivo de verificar como diferentes manejos do pasto poderiam afetar o cultivo de soja, a 9ª fase de lavoura em rotação pecuária/lavoura foi avaliada. Os tratamentos foram intensidades de pastejo (10; 20; 30; 40 cm de altura do pasto), aplicados desde 2001, em pasto misto de aveia e azevém anual, além de área sem pastejo utilizada como testemunha. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com três repetições. Houve diferença na população inicial de plantas e na massa do nódulo (P<0,05), porém, o número e a massa de nódulos por planta foi semelhante (P>0,05). O rendimento de soja foi diferente entre os tratamentos, porém, não houve diferença entre áreas pastejadas e não pastejadas. Houve diferença para cobertura e frequência de espécies indesejáveis entre tratamentos (P>0,05). Em conclusão, diferentes intensidades de pastejo afetam os parâmetros de rendimento e desenvolvimento da soja, mas apenas a intensidade de pastejo de 10 cm pode comprometer a safra de soja subsequente.
Contido em Revista Ciência Agronômica. Fortaleza. Vol. 46, n.3 (jul.-set. 2015), p. 645-653
Assunto Lavoura
Pastagem
Pecuária
Soja
[en] Grazing management
[en] Mixed crop-livestock system
[en] Soubean yield components
[en] Stocking rates
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/166151
Arquivos Descrição Formato
001025882.pdf (379.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.