Repositório Digital

A- A A+

Quem governa por dispositivos? : a produção das normas e padrões para os alimentos orgânicos no Brasil

.

Quem governa por dispositivos? : a produção das normas e padrões para os alimentos orgânicos no Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Quem governa por dispositivos? : a produção das normas e padrões para os alimentos orgânicos no Brasil
Outro título Who rules by apparatuses? : the production of norms and standards for organic food in Brazil
Autor Niederle, Paulo André
Radomsky, Guilherme Francisco Waterloo
Resumo O artigo analisa a construção dos sistemas de avaliação de conformidade orgânica de produtos alimentares no Brasil à luz do debate sociológico sobre dispositivos e governamentalidade. O foco recai sobre os conflitos que cercam a produção e o controle dos dispositivos que conformam o sistema de garantia da qualidade orgânica dos alimentos, com atenção especial aos mecanismos de certificação. A pesquisa envolveu análise documental e entrevistas com os atores sociais implicados nas instâncias de regulamentação desse mercado. Os resultados apontam para um movimento de apropriação das normas, padrões e selos pelos atores dominantes do setor agroalimentar, mas também para os contramovimentos que emergem a partir de experiências inovadoras de certificação participativa. Nesse sentido, o exemplo da Rede Ecovida de Agroecologia revela a habilidade social de atores desafiantes para construir novos dispositivos técnicos e institucionais, alterando as configurações de poder nas arenas de governo.
Abstract This paper analyzes the construction of the systems of evaluation used in Brazil for organic foods, inspired by the sociological debate on apparatuses and governmentality. It focuseson the disputes concerning the production and control of the apparatuses that shape the system of quality guarantee for organic foods, with especial attention to the certification mechanisms. The research has combined documental analysis and interviews with the social actors concerned with the regulation instances for this market. The results expose an appropriation movement of the rules, standards and labels by the dominant actors in the agri-food sector. However, it also shows a counter-movement emerging from innovative experiences of participatory certification. In this sense, the example of the Ecovida Agroecology Network reveals the social skills of the challenging actors to build new technical and institutional apparatuses, shifting the power configurations in government arenas.
Contido em Tomo : revista do Núcleo de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais. São Cristovão, SE. N. 30 (jan./jun. 2017), p. [227]-265
Assunto Agroecologia
Brasil : Aspectos sociais
Instituições
Mercados
Poder
[en] Agroecology
[en] Institutions
[en] Markets
[en] Power
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/166200
Arquivos Descrição Formato
001046449.pdf (306.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.