Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da estabilidade de derivação farmacêutica hospitalar de tizanidina

.

Avaliação da estabilidade de derivação farmacêutica hospitalar de tizanidina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da estabilidade de derivação farmacêutica hospitalar de tizanidina
Autor Gobetti, Caren
Orientador Garcia, Cassia Virginia
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Assunto Cloridrato de tizanidina
Cromatografia liquida de alta eficiencia
Farmácia hospitalar
[en] Derivation
[en] High-performance liquid chromatography
[en] Physicochemical and microbiological stability
[en] Tizanidine hydrochloride
Resumo O cloridrato de tizanidina é um relaxante muscular esquelético de ação central, utilizado no tratamento de espasticidade. Esse fármaco é comercializado apenas sob a forma de comprimidos, o que evidencia a necessidade do desenvolvimento de formulações líquidas orais. No ambiente hospitalar, este aspecto é contornado com a preparação de suspensões derivadas, de modo a permitir a administração em crianças e em adultos com deglutição prejudicada, mas não há dados sobre sua estabilidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar a estabilidade físico-química e microbiológica de formas farmacêuticas líquidas preparadas em ambiente hospitalar a partir da derivação de comprimidos de cloridrato de tizanidina, empregando como metodologia a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) e análise microbiológica. Um método simples e indicativo de estabilidade foi desenvolvido e validado por CLAE quanto a especificidade, linearidade, limite de detecção e quantificação, precisão, exatidão e robustez. As formulações líquidas foram preparadas em triplicata e acondicionadas em frasco de polietileno tereftalato (PET) âmbar e de vidro âmbar, que foram armazenados sob três diferentes condições: em temperatura ambiente, sob refrigeração e à 40 °C. Foram coletadas amostras a cada 7 dias por um período de 56 dias para a estabilidade físico-química. As formulações líquidas foram analisadas e demonstraram ser quimicamente estáveis durante 56 dias, permitindo um período de utilização prolongado. Entretanto, a determinação da estabilidade microbiológica mostrou que estas formulações estão propensas à contaminação microbiana, o que reduziu drasticamente a sua estabilidade para 7 dias, em ambos os frascos e em todas as temperaturas avaliadas. A qualidade microbiológica foi uma questão crítica, uma vez que as formulações foram produzidas apenas em água para injetáveis e não havia conservantes presentes na formulação. Os resultados deste estudo podem servir de referência para preparar derivações de cloridrato de tizanidina em uso hospitalar, uma vez que se demonstrou a confiabilidade do intervalo de tempo de armazenamento e as condições adequadas para o uso. De acordo com os resultados deste estudo de estabilidade, este fármaco pode ser incorporado na rotina de preparo das derivações dos hospitais, atendendo a uma demanda já há tempos sinalizada.
Abstract Tizanidine hydrochloride is a centrally acting skeletal muscle relaxant, used in the manegement of spasticity. This drug is sold only as tablets, which highlights the need to develop oral liquid formulations. In the hospital environment, this aspect is circumvented by the preparation of derived suspensions, to allow administration to children and adults with impaired swallowing, but there is no data regarding their stability. The objective of this work was to evaluate the physicochemical and microbiological stability of liquid dosage forms prepared in hospital environment from tizanidine hydrochloride tablets, applying high performance liquid chromatography (HPLC) and microbiological analysis. A simple and stability-indicating HPLC method was developed and validated for specificity, linearity, limits of detection and quantification, precision, accuracy and robustness. The liquid formulations were prepared in triplicate and placed in amber PET and glass bottles, which were stored under three different conditions: at room temperature, under refrigeration and at 40 °C. Samples were collected every 7 days along 56 days for physicochemical stability. The liquid formulations were analyzed and demonstrated chemical stability for 56 days, allowing the use for long period. However, the determination of microbiological stability showed that these formulations are prone to microbial contamination, which has dramatically reduced its stability to 7 days, in both bottles and all evaluated temperatures. Microbiological quality was a critical issue, since formulations were produced only in water for injectables and there was no preservatives present in the formulation. Results of this study could be applied as a reference for tizanidine hydrochloride derived preparation in hospital, once it was demonstrated the reliability of storage time interval and proper conditions for use. According to the results of this stability study, this drug could be incorporated into the routine of hospital derivations preparation, meeting a demand already indicated.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/166269
Arquivos Descrição Formato
001044670.pdf (758.9Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.