Repositório Digital

A- A A+

Voluntariado ativo : a gestão de voluntários na Sociedade Porto-alegrense de Auxílio aos Necessitados - SPAAN

.

Voluntariado ativo : a gestão de voluntários na Sociedade Porto-alegrense de Auxílio aos Necessitados - SPAAN

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Voluntariado ativo : a gestão de voluntários na Sociedade Porto-alegrense de Auxílio aos Necessitados - SPAAN
Autor Fonseca, Gilberto Azevedo da
Orientador Meirelles, Fernando de Souza
Data 2008
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão Social.
Assunto Gestão social
Resumo O presente trabalho visou descrever as características dos voluntários da SPAAN, assim como analisar a gestão do trabalho voluntário, a fim de identificar as necessidades de aprimoramento dos processos que envolvem as ações do voluntariado, contribuindo com a sustentabilidade da instituição. Foram analisadas duas amostras coletadas nos arquivos da instituição. A primeira reuniu dados dos 73 voluntários admitidos entre janeiro e agosto de 2007. Ao final do ano de 2007, foram levantados os dados dos 25 voluntários que tendo ingressado de janeiro a agosto, permaneceram em atividade. Foram analisados os dados dos grupos para comparações das oscilações do número de voluntários em cada variável e também detectando-se possíveis falhas na gestão. Outro grupo, pertencente ao universo de voluntários, considerados assíduos no quarto semestre do ano de 2007 por possuirem no máximo uma falta em cada mês, foi analisado utilizando-se as mesmas variáveis. Foram descritas as variáveis: Atividade, faixa etária, tempo de deslocamento, gênero, motivo para ser voluntário e situação profissional com os seguintes resultados: Grande rotatividade de voluntários novos nas várias áreas da instituição; Baixa participação de homens no voluntariado; A maioria reside nas proximidades da SPAAN; O decréscimo menor de voluntários nas faixas etárias mais elevadas; Baixa assiduidade entre os voluntários engajados, apenas 17%; A presença de um grupo significativo de aposentados entre os voluntários assíduos; A maior concentração de voluntários com faixa etária acima dos 50 anos; Os voluntários concentram-se no atendimento direto aos idosos; A maioria entende que está motivada em prestar ajuda; Dos resultados foram sugeridas melhorias na gestão do voluntariado, tanto no âmbito estratégico quanto no âmbito operacional, maior valorização do voluntariado e parcerias com outras ONGs para ações conjuntas envolvendo treinamento e integração dos voluntários.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/16627
Arquivos Descrição Formato
000686326.pdf (470.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.