Repositório Digital

A- A A+

Iowa gambling task: considerações desenvolvimentais e implicações neuropsicológicas e psicométricas

.

Iowa gambling task: considerações desenvolvimentais e implicações neuropsicológicas e psicométricas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Iowa gambling task: considerações desenvolvimentais e implicações neuropsicológicas e psicométricas
Autor Bakos, Daniela Di Giorgio Schneider
Orientador Parente, Maria Alice de Mattos Pimenta
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Avaliação psicológica
Envelhecimento
Fatores socioculturais
Processos cognitivos
Tomada de decisão
[en] Aging
[en] Cognitive processes
[en] Culture
[en] Decision making
[en] Iowa gambling task
Resumo Atualmente, diversos estudos sobre a tomada de decisão (TD) têm sido conduzidos, com base na Hipótese do Marcador Somático (HMS), utilizando como ferramenta de avaliação a Iowa Gambling Task (IGT). Neste contexto, esta tese teve por objetivo geral analisar o processo de TD, bem como a tarefa usualmente utilizada para mensurá-lo, a IGT. Visando a atender esta finalidade, três estudos foram conduzidos, buscando investigar o processo decisório a partir de diferentes aspectos. O primeiro deles discutiu a TD dentro de uma perspectiva do desenvolvimento, comparando adultos jovens e adultos idosos em seu comportamento de escolha. Já o segundo, tratou de investigar a possível influência de componentes de impulsividade e diferentes processos cognitivos, como a memória de trabalho, o aprendizado associativo e reverso e a atenção, no processo de tomar decisões. O terceiro e último estudo averiguou o efeito da cultura na tomada de decisões, comparando o desempenho de indivíduos brasileiros e norte-americanos na IGT. Os resultados do primeiro estudo evidenciaram que tanto adultos jovens quanto adultos idosos apresentam um comportamento guiado, principalmente, pela expectativa de uma baixa freqüência de punições. Não houve diferenças significativas entre os dois grupos etários, quanto à quantidade de cartas retiradas de cada baralho, embora cada grupo tenha revelado um processo distinto de aprendizagem ao longo da tarefa. No segundo estudo, padrões distintos de correlações nos dois grupos etários foram verificados. Em se tratando dos adultos jovens, uma influência do aprendizado associativo e reverso no processo de TD mensurado pela IGT (conforme o critério tradicional de análise) foi observada. Ao se considerar as correlações constatadas nos participantes adultos idosos, averiguou-se uma associação entre o subteste dígitos (ordem direta e inversa) e os escores com base na freqüência (punição) alcançados na IGT. Finalmente, os achados do terceiro estudo apresentaram diferenças importantes entre os dois grupos culturais, revelando que tanto adultos jovens quanto adultos idosos norte-americanos atingem escores mais elevados na IGT. Considerados em conjunto, os resultados mostram que a IGT é uma tarefa complexa, sofrendo a influência, em alguma extensão, de outros processos cognitivos e de aspectos culturais e desenvolvimentais.
Abstract Several studies on decision making (DM) have been recently conducted, based on the Somatic Marker Hypothesis (SMH) and using the Iowa Gambling Task (IGT) as assessment tool. In that context, this dissertation aimed at analyzing the DM process and the task commonly used to measure it, i.e., IGT. To achieve that goal, three studies were performed to investigate the DM process based on different aspects. The first discussed DM within a development perspective, comparing young and older individuals in their choice behavior. The second investigated the possible influence of impulsivity components and other more basic cognitive processes, such as working memory, reverse learning and attention, on the DM process. Finally, the third study verified the effect of DM culture, comparing the performance of Brazilian and American individuals in IGT. The results of the first study demonstrated that both young and elderly individuals choose cards in decks "B" and "D," which indicates a behavior that is mainly guided by the expectation of a low frequency of punishments. There were no significant differences between both age groups as to the amount of cards taken from each deck, although each group has shown a different learning process during the task. In the second study, different correlation patterns between the age groups were observed. With regard to the young individuals, the performance in reversal learning was correlated with the score obtained in IGT, showing the importance of the ability of associating stimuli and further reversion into a proper choice process during the task. As for the older individuals, a correlation between the digit span and the IGT was found. Finally, the findings of the third study had major differences between both cultural groups, demonstrating that American young and elderly individuals reached higher IGT scores. Considered as a group, the results show that IGT is a complex task and, to a certain extent, is influenced by other cognitive processes and cultural and developmental aspects.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/16663
Arquivos Descrição Formato
000704757.pdf (416.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.