Repositório Digital

A- A A+

The playwright as a translator of himself : Doubt, a Parable on the page and on the screen

.

The playwright as a translator of himself : Doubt, a Parable on the page and on the screen

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título The playwright as a translator of himself : Doubt, a Parable on the page and on the screen
Outro título O dramaturgo como tradutor de si mesmo : Dúvida, uma Parábola na página e na tela
Autor Maggio, Sandra Sirangelo
Fritsch, Valter Henrique
Abstract John Patrick Shanley’s play Doubt, a Parable (2004) revisits the world he knew as a child, the Bronx of the 1960’s. The story centers upon a Catholic Irish- Italian school community, and the plot relates to a doubt – that grows into belief, and ends up as certainty – on the part of Sister Aloysius, the principal of the school. She is persuaded that Father Flynn, the vicar, has been harassing the only Black student in the school. The play is an open-ended construct, allowing each reader/spectator to build his own interpretation of the facts implied. Shanley is more than the author of the play. He is also the producer of the stage version, the author of the screenplay and the director of the movie version. This essay examines the strategies used by Shanley to keep the possibility of interpretation open as he translates his own work into different media, on the page and on the screen.
Resumo A peça Doubt, a Parable (2004) de John Patrick Shanley revisita o mundo que ele conheceu quando criança – o bairro do Bronx dos anos 1960. A história se desenrola em uma comunidade escolar católica ítalo-irlandesa e o enredo diz respeito a uma dúvida – que se transforma em crença – por parte de uma das personagens, Irmã Aloysius, a diretora da escola. Ela acredita que o Padre Flynn esteja molestando sexualmente o único aluno negro da escola. A peça é uma construção em aberto, que permite a cada leitor/espectador construir sua própria interpretação dos fatos. Além de ser o autor da peça, Shanley também transformou seu texto teatral em roteiro para cinema, e atuou como produtor da peça, roteirista e diretor do filme Dúvida, de 2008. Este ensaio examina as estratégias utilizadas por Shanley para manter a possibilidade de interpretação aberta quando ele traduz sua obra para mídias diferentes, na página e no cinema.
Contido em Itinerários : revista de literatura. Araraquara, SP. N. 36 (jan./jun. 2013), p. 65-79
Assunto Estudos do imaginário
Literatura norte-americana
Shanley, John Patrick, 1950-
Teatro
[en] Contemporary American drama
[en] Doubt, a Parable
[en] John Patrick Shanley
[en] Studies of the imaginary
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/167276
Arquivos Descrição Formato
000905880.pdf (304.5Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.