Repositório Digital

A- A A+

Uma análise comparativa entre os sistemas estaduais de inovação do Brasil

.

Uma análise comparativa entre os sistemas estaduais de inovação do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uma análise comparativa entre os sistemas estaduais de inovação do Brasil
Autor Vieira, Gabriel Vinicius
Orientador Dathein, Ricardo
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Brasil
Economia
[en] Brazil
[en] PINTEC
[en] Regional innovation system
Resumo O conceito de “sistema de inovação regional” surge na década de 1990 como derivação do conceito de “sistema de inovação nacional”, por si um conceito que havia surgido apenas na década anterior, com o objetivo de englobar mais aspectos às análises e aproximá-las da realidade vivida pelas empresas e outros atores dos sistemas de inovação. Este trabalho busca, assim, analisar a correspondência entre as análises empíricas quantitativas e qualitativas dos sistemas regionais de inovação dos estados brasileiros e a teoria, focando-se, para isso, nos dados da Pesquisa Nacional de Inovação – PINTEC e em estudos sobre quatro estados brasileiros (Rio Grande do Sul, São Paulo, Pará e Amazonas), selecionados por se destacarem em pelo menos uma categoria dos dados da PINTEC e por possuírem pelo menos duas análises qualitativas sobre seu sistema de inovação regional realizadas por autores diferentes. Com isso, pôde-se concluir que a realidade dos estados brasileiros corresponde à teoria dos sistemas regionais de inovação, mas há um importante aspecto fundamental na realidade brasileira que fica apenas implícito nas análises teóricas dos sistemas de inovação: o que mais importa em termos de relações entre os atores de qualquer sistema de inovação é a qualidade das mesmas, não apenas a quantidade.
Abstract The concept of "regional innovation system" appears in the 1990s as a derivation from "national innovation system", itself a concept that had emerged only a decade earlier, in order to encompass more aspects of the analysis and have a better approximation from the reality experienced by companies and other actors in innovation systems. This paper seeks thus to analyze the correspondence between the quantitative and qualitative empirical analysis of regional innovation systems of Brazilian states and the theory of RIS and NIS, focusing in the data of the National Innovation Research - PINTEC and studies of four Brazilian states (Rio Grande do Sul, São Paulo, Pará and Amazonas), selected by distinguishing themselves in at least one category of the PINTEC data and by having at least two qualitative analysis of its regional innovation system written by different authors. Thus, it was concluded that the reality of the Brazilian states corresponds to the theory of regional innovation systems, but there is an important key aspect in the Brazilian reality which is only implicit in the theoretical analysis of innovation systems: what matters most in terms of relations between the actors of any innovation system is their quality, not just their quantity.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/167315
Arquivos Descrição Formato
001020467.pdf (570.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.