Repositório Digital

A- A A+

O estreito de Ormuz : da competição estratégica à Guerra Proxy regional no Oriente Médio

.

O estreito de Ormuz : da competição estratégica à Guerra Proxy regional no Oriente Médio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O estreito de Ormuz : da competição estratégica à Guerra Proxy regional no Oriente Médio
Autor Rucks, Jessika Tessaro
Orientador Martins, José Miguel Quedi
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais.
Assunto Estados Unidos
Estratégia
Geopolítica
Irã
Relações internacionais
[en] Choke Points
[en] Hormuz
[en] Persian Gulf
[en] Proxy War
[en] Strategic Competition
Resumo O presente trabalho tem por objetivo analisar o papel do estreito de Ormuz nas dinâmicas de competição no Golfo Pérsico. Ormuz é um estreito geograficamente estratégico, uma vez que é a única via marítima entre o Golfo Pérsico, o Golfo de Omã e o Oceano Índico e encontra-se em uma área rica em hidrocarbonetos. Em vista disso, o primeiro capítulo busca analisar o conceito e as características que qualificam a relevância que alguns estreitos possuem para o Sistema Internacional, caracterizando-os como Pontos de Estrangulamento e, nesse sentido, averiguar as razões que definem o estreito de Ormuz como o principal ponto de estrangulamento marítimo no mundo. Já o segundo capítulo tem como foco o estudo da Competição Estratégica, estabelecida entre Estados Unidos e Irã (2003-2013), que somente tornou-se possível graças às características de Ormuz (e, à assimetria de capacidades). Por fim, o terceiro capítulo procura averiguar o papel do estreito na escalada das rivalidades entre Arábia Saudita e Irã que deflagram a Guerra Proxy, e o seu transbordamento para outros pontos de estrangulamento do Oriente Médio. Espera-se como resultado oferecer uma melhor contextualização e compreensão sobre o tema de Ormuz em particular, bem como dos pontos de estrangulamento, contribuindo dessa forma para a instrumentalização dessas categorias no estudo das Relações Internacionais contemporâneas.
Abstract This study aims to analyze the Strait of Hormuz role in the competition dynamics in the Persian Gulf. Hormuz is a strait geographically strategic, since it is the only maritime way between the Persian Gulf, the Gulf of Oman and the Indian Ocean and is located in an area rich in hydrocarbons. In view of this, the first chapter analyzes the concept and characteristics that qualify the relevance of some straits to the International System, characterizing them as Choke points and, accordingly, find out the reasons that define the Strait of Hormuz as the main maritime choke point in the world. The second chapter focuses on the study of the Strategic Competition, established between the United States and Iran (2003-2013), which only became possible because of the characteristics of Hormuz (and because of capacity asymmetry). Finally, the third chapter seeks to ascertain the strait role in escalating rivalries between Saudi Arabia and Iran that trigger the Proxy War and its spillover to other bottlenecks in the Middle East. It is expected as a result provide better context and understanding of Hormuz particular theme and bottlenecks, thus contributing to the exploitation of these categories in the study of contemporary international relations.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/168629
Arquivos Descrição Formato
001044362.pdf (3.730Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.