Repositório Digital

A- A A+

O mal está lá fora. Não abra a porta para ninguém!

.

O mal está lá fora. Não abra a porta para ninguém!

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O mal está lá fora. Não abra a porta para ninguém!
Autor Souza, Tiago Pereira de
Orientador Oliveira, Paulo Antonio Barros
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva.
Assunto Agente comunitário de saúde
Atenção primária à saúde
Pessoal de saúde : Trabalho
Saúde da família
Saúde do trabalhador
[en] Family Health
[en] Occupational Health
[en] Primary Health Care
[en] Quality of Life
Resumo O presente estudo buscou analisar o impacto do processo de trabalho na qualidade de vida dos servidores municipais de Campo Bom, no Rio Grande do Sul, que atuam como agentes comunitários de saúde (ACSs), sob o referencial teórico da qualidade de vida no trabalho e o processo saúde-doença. Ele teve como objetivo descrever o processo de trabalho dos agentes, estabelecer o perfil socioeconômico desses profissionais, avaliar sua qualidade de vida e analisar suas relações com o processo de trabalho. O estudo é do tipo censitário, descritivo exploratório, transversal, de abordagem quali-quantitativa. Para a obtenção dos dados sociodemográficos, referentes ao trabalho, à saúde e à qualidade de vida foram utilizados um questionário estruturado (com perguntas fechadas) e um instrumento específico (WHOQOL-BREF), ambos autoaplicáveis. O tratamento dos dados de natureza qualitativa foi feito por meio da construção do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) e a análise estatística foi realizada utilizando o programa SPSS por estatística descritiva para apresentação dos resultados como mediana, média e variabilidade (mínimo-máximo) para todos os parâmetros. Participaram desta pesquisa 62 ACSs, com idade entre 23 e 61 anos, sendo 58 (93,5%) mulheres e 4 (6,5%) homens. O tempo médio do exercício da função de ACS varia de 5 anos a 10 meses. Neste estudo, as entrevistas realizadas forneceram 21 ideias centrais e 21 discursos, que são a base do material de análise. A execução desta pesquisa pôde confirmar estatisticamente o impacto do processo de trabalho nos diferentes domínios da qualidade de vida. Dessa forma, o estudo gerou reflexões acerca do processo de trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde do município de Campo Bom.
Abstract This study aimed at analyzing the impact of the working process in the life quality of civil servants from Campo Bom, in Rio Grande do Sul (Brazil), who work as community health agents (ACSs), considering the theoretical framework of life quality at work and the health-disease process. Its objective was describing the working process of the community health agents, describing the socioeconomic profile of these professionals, assessing their quality of life, and analyzing their relations with the working process. It is a census, exploratory descriptive, cross-sectional study, with a qualitative and quantitative approach. In order to have access to the sociodemographic data related to work, health and quality of life, we used a structured questionnaire (with closed questions) and a specific instrument (WHOQOL-BREF); both of them are self-completion resources. Qualitative data was studied through the development of the Discourse of the Collective Subject (CSD), and the statistical analysis was performed using the SPSS program by descriptive statistics, in order to present the results as median, mean and variability (minimum-maximum) for all parameters. Sixty-two community health agents aged 23 to 61 years old participated in this study. They were 58 (93,5%) women and 4 (6,5%) men. Their average time working as ACSs ranged from 5 years to 10 months. In this study, the interviews provided 21 main ideas and 21 discourses, which are used as the basis for the material analysis. This research was able to confirm statistically the impact of the working process in the different domains of quality of life. Thus, it led to considerations about the working process of the Community Health Agents in the city of Campo Bom.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/168808
Arquivos Descrição Formato
001047026.pdf (1.816Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.