Repositório Digital

A- A A+

Transformações da educação superior na Europa : a reforma da educação superior na Alemanha pós-processo de Bolonha

.

Transformações da educação superior na Europa : a reforma da educação superior na Alemanha pós-processo de Bolonha

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transformações da educação superior na Europa : a reforma da educação superior na Alemanha pós-processo de Bolonha
Autor Koppe, Leonardo Renner
Orientador Neves, Clarissa Eckert Baeta
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Alemanha
Declaração de Bolonha
Educação e sociedade
Educação superior
Ensino superior
Reforma educacional
Sistema de ensino
Sociologia da educação
Universidade
[en] Bologna process
[en] Germany
[en] Higher education
[en] Reform
Resumo Esta dissertação tem por tema a reforma da educação superior implantada na Alemanha, após o processo de Bolonha. A partir do contexto europeu de discussões sobre um projeto de construção da Europa do Conhecimento através do denominado processo de Bolonha, procurou-se investigar como ocorreu a reforma nas universidades de um modelo que já fora uma referência mundial, o modelo humboldtiano de educação superior. Os métodos empregados para a compreensão do processo europeu e da reforma alemã foram análises de conteúdos dos principais documentos relacionados aos encontros de ministros europeus, ao governo federal alemão, aos Estados, aos reitores e às universidades. Pode-se constatar ao longo do estudo que o sistema de educação superior alemão percebeu o seu tradicional modelo como inadequado frente às transformações sociais do final do século XX. Na medida em que avançaram as discussões internas e externas à Alemanha sobre a educação superior foi sendo substituído o modelo tradicional pelo novo modelo de ciclos do Processo de Bolonha, preservando-se a autonomia das instituições universitárias alemãs.
Abstract This dissertation is focused on the reform of higher education located in Germany, after the Bologna process. From the European context of discussions on a project to build the Europe of Knowledge through the so-called Bologna process, this study tried to investigate how occurred a broad reform in universities of a model that was already a world reference, the Humboldtian model of higher education in Germany. The methods employed for understanding the process of European and German reforms were analysis of content of key documents related to meetings of European ministers, the German federal government, the states, the rectors and universities. It can be seen throughout the study that the traditional model of higher education in Germany, with the social transformations of the end of the twentieth century, did not meet the demands of a more global society, having been gradually replaced by new structures for higher education. Despite the changes, they occurred within the maintaining the autonomy of universities.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/16890
Arquivos Descrição Formato
000707031.pdf (1.001Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.