Repositório Digital

A- A A+

Da superfície à carne : as fronteiras entre estético e reparador na formação e atuação no campo da cirurgia plástica

.

Da superfície à carne : as fronteiras entre estético e reparador na formação e atuação no campo da cirurgia plástica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Da superfície à carne : as fronteiras entre estético e reparador na formação e atuação no campo da cirurgia plástica
Autor Schimitt, Marcelle
Orientador Rohden, Fabiola
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia social
Cirurgia plástica
Estética
Formação médica
[en] Boundaries
[en] Cosmetic surgery
[en] Medical training
[en] Plastic surgeries
[en] Reconstructive surgery
Resumo A partir de uma abordagem do fenômeno das cirurgias plásticas enquanto algo que se conforma na prática, esta dissertação versa sobre os limites entre o reparador e o estético relativos a esses procedimentos. Tendo como espinha dorsal a formação das(os) médicas(os) e a constituição dessa especialidade da medicina, tais fronteiras serão abordadas a partir do entendimento de que não apenas auxiliam na conformação das cirurgias plásticas, mas são também constituídas em relação a essas últimas. Através da participação em eventos promovidos por Ligas de Cirurgia Plástica e entrevistas realizadas com graduandas, residentes, cirurgiãs e cirurgiões plásticos, este trabalho tem como objetivo construir uma narrativa, entre tantas outras possíveis, acerca dos modos como os limites entre o estético e o reparador têm se instituído discursivo-materialmente. Antes, contudo, parte-se de uma abordagem histórica a fim de uma compreensão mais situada a respeito de como essa especialidade tem se conformado ao longo do tempo. Por meio de diferentes investimentos esta dissertação trata, em síntese, sobre como esses procedimentos assumem diferentes realidades. Assim, contingências históricas, sociais, econômicas, políticas e materiais, entre inúmeras outras, são compreendidas de maneira indissociável como atuantes na conformação das cirurgias plásticas e dos limites concernentes a elas. Por fim, sugere-se que um entendimento dessas realidades enquanto múltiplas nos auxilia na construção de uma apreensão do conhecimento médico como algo que não está dado, mas como práticas histórico-materialmente situadas. Ainda, a partir da discussão central proposta por este trabalho são estabelecidos pontos de confluência entre as cirurgias plásticas e as fronteiras relativas ao corpo e aos binômios natureza/cultura, saúde/doença, forma/função, entre outros.
Abstract This dissertation addresses the limits between the cosmetic and the reconstructive surgeries from an approach of the plastic surgery phenomenon as something that conforms in practice. Having as a backbone the formation of the doctors and the constitution of this specialty of medicine, such boundaries will be approached from the understanding that they not only aid in the conformation of plastic surgeries but also are constituted of this last one. Through the participation in events promoted by Plastic Surgery Leagues and interviews with undergraduates, residents and plastic surgeons, this study aims to construct a narrative, among many others possible, about the ways in which the boundaries between the cosmetic and the reconstructive surgeries have been instituted discursive-materially. First, however, it starts with a historical approach in order to understand more about how this specialty has conformed over time. Through different investments, this dissertation deals, in short, with about how these procedures take on different realities. Thus, historical, social, economic, political, and material contingencies, among countless others, are understood as acting in the conformation of plastic surgeries and the limits concerning them. Finally, it suggests that an understanding of these realities as multiple helps us in constructing an apprehension of the medical knowledge as something that is not given but as historical-materially situated practices. Still, from the proposed discussion by this study, points of convergence between plastic surgeries and boundaries related to the body and to the binomials nature/culture, health/illness, form/function, among others, are established.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/168946
Arquivos Descrição Formato
001048536.pdf (1.437Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.