Repositório Digital

A- A A+

Estudo sobre a possibilidade de emergência de novas lógicas institucionais no campo acadêmico brasileiro

.

Estudo sobre a possibilidade de emergência de novas lógicas institucionais no campo acadêmico brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo sobre a possibilidade de emergência de novas lógicas institucionais no campo acadêmico brasileiro
Autor Barcelos, Régis Leonardo Gusmão
Orientador Guimarães, Sonia Maria Karam
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Ecologia : Administracao
Inovação
Mudança organizacional
Universidades
[en] Academic field
[en] Ecology
[en] Government decisions
[en] Institutional change,
[en] Institutional logic
[en] Practice
Resumo O objetivo deste estudo foi analisar o processo de mudança institucional no campo organizacional, observando esse fenômeno pela emergência de lógica de mercado no campo acadêmico brasileiro. O estudo propõe uma reflexão sobre a mudança institucional em universidades brasileiras, inserida em novo contexto de políticas governamentais baseadas na ideia de “inovação”. Nas últimas décadas o debate internacional sobre o tema da inovação tem cada vez mais inserido a universidade como um agente que contribui para o desenvolvimento econômico. A partir dos anos 2000, verificou-se o surgimento de novas diretrizes nas políticas de ciência e tecnologia no Brasil. Destacam-se entre essas mudanças a reestruturação das fontes de financiamento à pesquisa por meio da criação dos Fundos Setoriais, que visou promover o desenvolvimento de projetos de inovação de acordo com os setores da economia, a Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE), a Lei de Inovação e o Plano de Ação de Ciência, Tecnologia e Inovação (PACTI). Embora essas políticas fossem direcionadas para a indústria, constatou-se que novas práticas começaram a se difundir no campo acadêmico. Foi observado o rápido crescimento do número de depósitos de patentes, o envolvimento de pesquisadores em estruturas de interface universidade-empresa e a difusão de empresas fundadas por cientistas. Esse fato indicou a difusão de práticas orientadas por lógica de mercado no campo, mesmo sem um projeto empreendedor. Diferentemente dos argumentos institucionalistas que defendem que a mudança de lógicas no campo ocorre pela atuação de empreendedores institucionais, constatou-se que a inserção de lógica de mercado no campo estava associada à mudança na disponibilidade de recursos. Os cientistas assumiram práticas orientadas por lógicas alternativas na medida em que identificaram recursos para sustentá-las. O modelo de análise proposto neste estudo destaca a importância do conceito de ecologia nos estudos sobre a mudança institucional. A análise utilizou dados secundários, como estatísticas oficiais, documentos e estudos prévios. Também foram realizadas entrevistas semi-estruturadas como técnica de coleta e análise de conteúdo categorial como técnica de análise.
Abstract The objective of this study was to analyze the process of institutional change in the organizational field, observing this phenomenon by the emergence of market logic in the Brazilian academic field. The study proposes a reflection on institutional change in Brazilian universities, inserted in a new context of government policies based on the idea of "innovation". In the last decades the international debate on the theme of innovation has increasingly inserted the university as an agent that contributes to economic development. From the 2000s onwards, the emergence of new guidelines in science and technology policies in Brazil. Of note among these changes are the restructuring of sources of research funding through the creation of Sectorial Funds, which aimed to promote the development of innovation projects according to the sectors of economy, Industrial, Technological and Foreign Trade Policy (PITCE ), The Innovation Law and the Plan of Action for Science, Technology and Innovation (PACTI). Although these policies were directed towards the industry, it was found that new practices began to spread in the academic field. The rapid growth in the number of patent deposits, the involvement of researchers in university-enterprise interface structures and the diffusion of companies founded by scientists were observed. This fact indicated the diffusion of practices guided by market logic in the field, even without an entrepreneurial project. Unlike the institutionalist arguments that the change of logics in the field occurs by the action of institutional entrepreneurs, it was verified that the insertion of market logic in the field was associated to the change in the availability of resources. Scientists have assumed practices guided by alternative logics insofar as they have identified the resources to sustain them. The analysis model proposed in this study highlights the importance of the concept of ecology in studies on institutional change. The analysis used secondary data such as official statistics, documents and previous studies. Semi-structured interviews were also conducted as a technique for collecting and analyzing categorial content as a technique for analysis.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/168952
Arquivos Descrição Formato
001048447.pdf (2.293Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.