Repositório Digital

A- A A+

Democracia, participação e cultura política da juventude brasileira : uma percepção da política pública de juventude

.

Democracia, participação e cultura política da juventude brasileira : uma percepção da política pública de juventude

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Democracia, participação e cultura política da juventude brasileira : uma percepção da política pública de juventude
Autor Cunha, Patrícia Rodrigues Chaves da
Orientador Baquero Jacome, Cesar Marcello
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Política.
Assunto Brasil
Cultura política
Democracia
Juventude
Política Nacional de Juventude
Socialização política
[en] Democracy
[en] Political Culture
[en] Political Participation
[en] Public Policy
[en] Youth
Resumo A Política Nacional de Juventude tem proposto a criação de políticas públicas calcadas nas concepções alternativas de democracia. Dessa forma, o problema posto para investigação é: as políticas públicas de juventude devem ser respostas eficientes para resolução ou amenização de demandas sócio-políticas determinadas que promovam governabilidade, ou devem contemplar uma visão mais ampla da política e promover o exercício cidadão intrínseco à própria políticademocrática? O objetivo da tese é analisar a participação política juvenil na construção da cultura política e sua percepção sobre a Política Nacional de Juventude no Brasil. Em uma perspectiva democrática, a pesquisa centra-se na juventude brasileira contemporânea e se caracteriza por um estudo de cultura política, que se alia aos estudos sobre política de juventude – instituições, ações, comportamentos e demandas da categoria em relação ao Estado e reciprocamente. A investigação pretende alcançar os seguintes objetivosespecíficos, 1) Perceber quais valores culturais e concepções da política têm se estimulado no Brasil; 2) Analisar os tipos e níveis de participação política dos/as jovens brasileiros/as; 3) Verificar a associação entre participação, cultura política e percepção de políticas públicas de Juventude no Brasil. Dessa maneira, através da metodologia quantitativa, foram analisados dados oriundos de surveys aplicados junto a jovens brasileiros/as de 18 a 29 anos, que compõe o banco de dados sobre juventude do IBASE-2008. Tais dados forma analisados através do cruzamento de variáveis, que foram submetidas ao teste qui-quadrado (ᵡ²), a analise de coeficiente de contingência e análisefatorial. As conclusões demonstram a tendência dos/as jovens a aprovarem a participação política não convencional. Os resultados obtidos apontam para associação entre participação e tolerância frente às diferenças em três casos de variáveis; nos outros casos testados os resultado obtidos apontam para inexistência de associação. Já os resultados obtidos nos cruzamentos sobre participação política dos/as jovens com a demonstração do conhecimento sobre a existência de projeto do governo direcionado para o/a jovem no país, exibem uma associação significativa entre essas variáveis. Os dados demonstraram, também, que a participação em qualquer instituição, não obrigatoriamente as de conotação política, proporciona maior conhecimento de projetos do governo. Os dados puderam ser separados em dois componentes de fatores, aqueles que se aproximam de uma participação mais institucional, ligada à noção de participação política, e uma participação mais cultural vinculada à noção de lazer e esporte. Entre esses dois componentes a percepção do/a jovem sobre o governo melhora dentre aqueles que participam em entidades ligadas a recreação e a religião, ou seja, a participação cultural. O somatório dos fatores observados aponta para confirmação da tese de que: a Política Nacional de Juventude não tem reforçado a ação da sociedade civil na construção de uma política com a juventude, mas sim aperfeiçoado mecanismos que permitem o Estado melhorar as repostas dadas aos/as jovens cidadãos/ãs para, assim, melhorar as condições de governabilidade no Brasil.
Abstract The National Youth Policy has been proposing the creation of public policies based on the alternative conceptions of democracy. That way, the research problem to the investigation is: the public policies for youth must be efficient responses to resolution or ease the appointed social-political demands that promote governability, or must contemplate a broader vision of politics and promote the citizen‘s exercise intrinsic to one‘s own democratic politics? The purpose of this thesis is to analyze youth political participation in the construction of political culture and its perception on the National Youth Policy in Brazil. Ina democratic perspective, the research focuses on contemporary Brazilian youth and is characterized by a study of political culture, which joins studies on youth policy- institutions, actions, behaviors and demands of the category in relation to the State and reciprocally. The research aims to achieve the following specific objectives: 1) To understand what cultural values and conceptions of politics have been stimulated in Brazil; 2) Analyze the types and levels of political participation of Brazilian youth; 3) to verify the association between participation, political culture and perception of public policies of Youth in Brazil. Thus, through the quantitative methodology, data from surveys applied to Brazilian youth from 18 to 29 years old, which compose the IBASE-2008 youth database, were analyzed. These data were analyzed through the crossing of variables, which were submitted to the chi-square test (ᵡ²), the contingency coefficient analysis and factoranalysis. The findings demonstrate the tendency of young people to approve unconventional political participation. The results obtained point to an association between participation and tolerance to differences in three cases of variables; in the other cases tested the results obtained point to no association. On the other hand, the results obtained in the crossings on the political participation of the young people with the demonstration of the knowledge about the political participation of the young people with the demonstration of the knowledge about the existence of a government project directed to the young person in the country, show a significant association between thesevariables. The data also showed that participation in any institution, not necessarily those of political connotation, provides greater knowledge of government projects. The data could be separated into two components of factors, those that approach a more institutional participation in any institution, not necessarily those of political connotation, provides greater knowledge of government projects. The data could be separated into two components of factor, those that approach more institutional participation, liked to the notion of political participation, and a more cultural participation linked to the notion of leisure and sport. Between these two components the youth‘s perception of the government improves among those who participate in entities liked to recreation and religion, that is, cultural participation. The sum of the observed factors points to confirmation of the thesis that: the National Youth Policy has not reinforced the action of civil society in the construction of a policy with youth, but rather improved mechanisms that allow the State to improve the responses given to the Young citizens to improve the conditions of governability in Brazil.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/168953
Arquivos Descrição Formato
001048458.pdf (4.692Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.