Repositório Digital

A- A A+

O papel das relações interorganizacionais na eficiência coletiva: o caso do arranjo produtivo local de agroindústrias e alimentos do Vale do Rio Pardo, Rio Grande do Sul

.

O papel das relações interorganizacionais na eficiência coletiva: o caso do arranjo produtivo local de agroindústrias e alimentos do Vale do Rio Pardo, Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O papel das relações interorganizacionais na eficiência coletiva: o caso do arranjo produtivo local de agroindústrias e alimentos do Vale do Rio Pardo, Rio Grande do Sul
Autor Schlesener, Fábio Fernando
Orientador Baldi, Mariana
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Agroindústria
Arranjos produtivos
Desenvolvimento local
[en] Collective efficiency
[en] Interorganizational relationships
[en] Local productive arrangements
Resumo Este trabalho consiste em um estudo sobre o arranjo produtivo local (APL) de agroindústrias familiares e produtores de alimentos do Vale do Rio Pardo (APLVRP), reconhecido no Programa de APLs do estado, além de ser uma alternativa econômica aos produtores de tabaco na região. O objetivo foi avaliar a influência das relações interorganizacionais na eficiência coletiva do arranjo. Como quadro teórico, utilizou-se o conceito de eficiência coletiva, compreendendo que as externalidades não são suficientes para assegurar um desenvolvimento duradouro à aglomeração, necessitando a ação conjunta (SCHMITZ, 1997a). Para compreender a natureza das relações entre os atores, adotou-se a abordagem de redes (SOUZA, 2008), optando pela perspectiva analítica do estudo de redes (POWELL; SMITH-DOERR, 1994), baseando-se na concepção de imersão social (GRANOVETTER, 1985), segundo a qual as ações econômicas estão imersas em redes de relações sociais. Foi utilizada a imersão estrutural como enfoque (ZUKIN; DIMAGGIO, 1990), referindo-se à contextualização das trocas econômicas em padrões contínuos de relações interpessoais, admitindo-se na análise, contudo, outros tipos de imersão: política, cognitiva e cultural (Idem). Utilizando-se a abordagem qualitativa, o estudo foi conduzido através da estratégia de estudo de caso e pesquisa longitudinal com corte transversal, enfocando em momentos históricos da trajetória do arranjo desde 2012 até os dias atuais (VIEIRA, 2006). As principais fontes dos dados foram: pesquisa bibliográfica, pesquisa documental, observação e entrevista semiestruturada, utilizando-se análise de conteúdo (BARDIN, 1977). A análise histórica do arranjo permitiu concluir que os atores centrais que atuam no APL surgiram no contexto da produção de tabaco na região. Através da análise das inter-relações entre os atores do APL (imersão social estrutural), pôde-se compreender a ocorrência de alterações na configuração da rede (NOHRIA, 1992) – mudança da entidade gestora e a inclusão de novos atores na rede, como os produtores de alimentos in natura, permitindo a intensificação das ações conjuntas com as cooperativas, propiciando eficiência coletiva (SCHMITZ, 1997a) para o arranjo – ocasionadas pela ampliação do escopo de atuação do APL – um resultado da ação conjunta e mobilização de seus atores. Constatou-se a importância das relações inter-atores entre entidades de apoio, especialmente a EMATER, para superar dificuldades enfrentadas pelas agroindústrias, notadamente a informalidade no setor. A imersão social ajudou a compreender como a configuração dos relacionamentos entre os atores pode beneficiar intermediários e até agroindústrias de fora da região em detrimento dos produtores locais, limitando, portanto, a eficiência coletiva do arranjo. Identificaram-se externalidades positivas e negativas no arranjo, principalmente em decorrência da região ser um local de produção de tabaco. Por fim, observou-se a importância das políticas públicas locais no estímulo a APLs em fases iniciais de desenvolvimento. Entretanto, os resultados revelam as limitações da eficiência coletiva passiva, oriunda das externalidades. Nesse sentido, constata-se a necessidade da eficiência coletiva ativa (NADVI, 1996), através da ação de atores privados na geração de resultados duradouros para o arranjo.
Abstract This dissertation consists on a case study of the local productive arrangement (APL) of family food agroindustries and food producers of the Rio Pardo Valley (APLVRP), which is part of the APLs Program of the state, also as an economic alternative to the tobacco farmers in the region. The main objective was to evaluate the influence of interorganizational relations in the collective efficiency of the cluster. As a theoretical framework, the concept of collective efficiency was used, understanding that externalities are not sufficient to ensure a sustainable development of the cluster, requiring joint action (SCHMITZ, 1997a). In order to understand the nature of the relations between the actors, the networks approach (SOUZA, 2008) was adopted, opting for the analytical perspective of the study of networks (POWELL, SMITH-DOERR, 1994), based on the concept of social embeddedness (GRANOVETTER, 1985), according to which economic actions are embedded in networks of social relations. It focused of structural embeddedness (ZUKIN; DIMAGGIO, 1990), which refers to the contextualization of economic exchanges in continuous patterns of interpersonal relations, admitting in the analysis, however, other types of embeddedness: political, cognitive and cultural embeddedness (Id.). Using the qualitative approach, the study was conducted through the case study and cross-sectional longitudinal research strategy, focusing on historical moments of cluster’s trajectory (VIEIRA, 2006). The main data sources were: bibliographic research, documental research, observation and semi-structured interview, using content analysis (BARDIN, 1977). Historical analysis of the cluster allowed us to conclude that the central actors acting in the APL appeared in the context of tobacco production in the region. Through the analysis of the interrelations between the actors of the APL (structural social embeddedness), it was possible to understand the occurrence of changes in the network configuration (NOHRIA, 1992) – shift of the management entity and the inclusion of new actors in the network, as the producers of in natura foods, and the intensification of joint actions with the cooperatives, providing collective efficiency (SCHMITZ, 1997a) for the cluster – caused by the expansion of the scope of the APL, as a result of the joint action and mobilization of its actors. The importance of inter-actor relations between support entities, especially EMATER, was verified in order to overcome difficulties faced by agroindustries, especially informality in the sector. Social embeddedness helped to understand how the configuration of relationships between actors can benefit intermediaries and even agro-industries from outside the region to the detriment of local producers, thus limiting the collective efficiency of the arrangement. Positive and negative externalities were identified in the cluster, mainly as a result of the region being a tobacco production site. Finally, the importance of local public policies in stimulating APLs in the early stages of development was verified. However, the results reveal the limitations of the passive collective efficiency, arising from externalities. Thus, it is needed active collective efficiency (NADVI, 1996), through the action of private actors in generating enduring results for the cluster.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/168965
Arquivos Descrição Formato
001047787.pdf (5.006Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.