Repositório Digital

A- A A+

Sob medida : personagens femininas em canções de Chico Buarque e suas performances por Elis Regina, Nara Leão, Maria Bethânia e Gal Costa

.

Sob medida : personagens femininas em canções de Chico Buarque e suas performances por Elis Regina, Nara Leão, Maria Bethânia e Gal Costa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sob medida : personagens femininas em canções de Chico Buarque e suas performances por Elis Regina, Nara Leão, Maria Bethânia e Gal Costa
Autor Abreu, Caroline Soares de
Orientador Fischer, Luís Augusto
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Bethânia, Maria
Brasil
Buarque, Chico, 1944-
Canção popular
Costa, Gal
Gênero
Leão, Nara, 1942-1989
Mulheres na música
Regina, Elis, 1945-1982
Resumo A canção popular enquanto objeto de estudos acadêmicos vem ganhando relevância em diferentes áreas do conhecimento, e diversas têm sido as formas pelas quais ela é abordada. A premissa central que ampara esta pesquisa é entendê-la como uma manifestação sociocultural que se realiza através da performance, ancorada em pesquisas que propõem tal enfoque. Paralelamente a isso, por questões de posicionamento político de esquerda e feminista, tenho interesse particular em estudar as representações femininas na canção popular brasileira, abordadas aqui, especificamente, através de personagens mulheres de canções compostas por Chico Buarque para que quatro importantes cantoras da nossa cultura dessem voz a elas, corporificando-as através de suas performances: Elis Regina, Nara Leão, Maria Bethânia e Gal Costa. Ao longo do trabalho, faço uma revisão sobre as diversas – e interdisciplinares – perspectivas teóricas que dão suporte ao meu estudo. Inicio retomando questões sobre os Estudos da Performance, e, a partir desses, da Música Enquanto Performance. Como a representação de personagens femininas é um aspecto central desta pesquisa, apresento os estudos que defendem o entendimento do conceito de gênero enquanto uma categoria performativa, para, na sequência, revisar alguns estudos feministas sobre gênero em música. Embasada em todo esse arcabouço teórico, apresento alguns conceitos e metodologias que dão suporte às análises que proponho, como os aspectos a serem observados em uma performance, a ferramenta que possibilita um mapeamento da performance audiovisual – MaPA –, os estudos sobre as expressões faciais, dentre outros. Eu então defendo uma virada epistemológica na abordagem da canção, de modo que seja entendida enquanto performance, e uma relevância central ao papel das intérpretes é reivindicada, propondo que os sentidos das canções analisadas são co-construídos por Chico Buarque (através das canções); Elis, Nara, Bethânia e Gal (através das suas performances), e eventuais atores diversos. As quatro canções analisadas foram compostas para cada uma dessas cantoras interpretarem. Logo, discuto também a relação sociocultural do compositor com essas intérpretes. Apresento um capítulo de revisão sobre as características do cancioneiro de Chico Buarque que pretendo ressaltar, i. e., as personagens femininas e marginalizadas, para depois, após uma breve retomada das personae artísticas de cada uma das cantoras, estabelecer interpretações amparadas pela interação de suas performances, as personagens que interpretam e os significados sugeridos pela canção. Como feminista, acredito que esse estudo possa contribuir para dar visibilidade a essas personagens apresentadas nas canções – a maioria delas retratada em uma posição desfavorável nas relações de poder que expressam, mas que são bastante representativas de uma grande parcela das mulheres daquela sociedade (brasileira, nas décadas de 60 e 70). Além disso, ao reivindicar um lugar central à figura das intérpretes pelo estudo dessas canções enquanto performance, elas adquirirem um status de protagonistas na criação musical, papel que por muito tempo tem sido renegado às mulheres em nossa cultura ocidental.
Abstract Popular song as an object of academic studies has gained relevance lately in different areas of knowledge, and several have been the ways in which it has been approached. The central premise that supports this research is to understand it as a sociocultural manifestation that happens through its performance, anchored in researches that propose such an approach. In parallel with this, for Left and feminist political positions, I am particularly interested in studying female representations in Brazilian popular song, specifically addressed here through women characters from songs composed by Chico Buarque so that four important singers of our culture could give voice to them, embodying them through their performances: Elis Regina, Nara Leão, Maria Bethânia and Gal Costa. Throughout the work, I review the various - and interdisciplinary - theoretical perspectives that support my study. To begin with, I take up questions on Performance Studies, and, based on these, on Music as Performance. As the representation of female characters is a central aspect of this research, I present the studies that defend the understanding of the concept of gender as a performative category, and then review some feminist studies on gender in Music. Based on this theoretical framework, I present some concepts and methodologies that support the analyzis I propose, such as the aspects to be observed in a performance, a tool that allows a mapping of audiovisual performances - MaPA -, studies on the facial expressions, among others. I then defend an epistemological turn in song studies, so that it is understood as performance, and interpreters’ significant role is claimed, intending that the meanings of the analyzed songs are co-constructed by Chico Buarque (through the songs); Elis, Nara, Bethânia and Gal (through their performances); and other possible actors. The four analyzed songs were composed for each of these singers to perform. Therefore, I also discuss the sociocultural relationship of the composer with these interpreters. I present a review chapter on the characteristics of Chico Buarque's songs I intend to highlight, such as the female and marginalized characters, and then, after a brief resumption of the artistic personae of each of the singers, I propose interpretations supported by the interaction of their performances, the characters they interpret and the meanings suggested by the song. As a feminist, I believe that this study may contribute as a way of giving visibility to these characters presented in the songs - most of them portrayed in a weaker position in power relations they express, but which are quite representative of an expressive number of women in that society (Brazil in the 60s and 70s). Moreover, by claiming a central place for the interpreters’ figure as we study these songs as performances, they acquire a status of protagonists in musical creation, a role that have long been denied to women in our Western culture.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/168994
Arquivos Descrição Formato
001046964.pdf (8.492Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.