Repositório Digital

A- A A+

Efeitos agudos do exercício aeróbio sobre o viés atencional para imagens de alimentos palatáveis

.

Efeitos agudos do exercício aeróbio sobre o viés atencional para imagens de alimentos palatáveis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos agudos do exercício aeróbio sobre o viés atencional para imagens de alimentos palatáveis
Autor Queiroz, Jéssica do Nascimento
Orientador Oliveira, Álvaro Reischak de
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Nutrição.
Assunto Comportamento alimentar
Exercício
Homens
Viés de atenção
Resumo Introdução: O viés atencional (VA) para pistas de alimentos palatáveis influencia nas escolhas alimentares e pode estar relacionado com o aumento da ingestão destes alimentos, inclusive em amostras saudáveis. Alguns estudos demonstraram que o exercício físico pode atenuar o VA para pistas de alimentos palatáveis. Este estudo teve como objetivo investigar se uma sessão de exercício aeróbio de intensidade moderada e longa duração, em comparação ao repouso, modifica o VA para imagens de alimentos palatáveis em homens eutróficos. Métodos: Os participantes (n=10) deste estudo foram homens eutróficos e sedentários, com idade entre 20 e 40 anos, selecionados por conveniência, em duas condições: Repouso (R) e Exercício (E). Em ambas as condições os participantes realizaram a tarefa de atenção visual computadorizada (Visual Probe Task). A tarefa mensura o VA através do tempo de reação (TR) dos participantes para um alvo. Um par de imagens (alimento x objeto) era apresentado na tela do monitor. Os participantes respondiam a uma seta que substituía ora a imagem alvo ora a imagem controle. O cálculo do VA era (TR controle – TR alvo). Valores positivos indicam viés para as imagens de alimentos palatáveis e valores negativos indicam esquiva destes alimentos quando significativamente diferentes de zero (teste t). ANOVAs de medidas repetidas foram utilizadas para comparar os TRs. O VA entre condições foi comparado por um teste t de amostras pareadas. Resultados: Apenas para condição R o índice de VA foi diferente de zero e negativo (-14,72±18,72 ms, t (9) = -2,49, p=0,035), indicando esquiva das imagens de alimentos palatáveis. Nos testes t de amostras pareadas foi encontrada uma mera tendência (p=0,097) de diferença do VA nas condições R e E. O TR para imagens controle (530,62±23,27 ms) foi significativamente menor do que para imagens alvo (541,61±24,98 ms) (F(1,1) = 7,09, p=0,026, ηp²=0,44) em ambas as condições. Conclusão: Uma sessão de aeróbio não diminuiu o VA para as imagens de alimentos palatáveis em comparação à condição repouso. Em ambas as condições, os participantes apresentaram um TR menores para imagens de alimentos palatáveis. Uma esquiva às imagens de alimentos palatáveis pode ser uma resposta adaptativa de indivíduos eutróficos para manter o peso.
Abstract Introduction: Attentional bias (AV) for palatable food cues influences food choices and may be related to increased intakes of these foods, including in healthy people. Some studies have shown that physical exercise can attenuate VA to palatable food cues. This study aimed to investigate whether an aerobic exercise session of moderate intensity and long duration, compared to rest, modifies VA for palatable food images in eutrophic men. Methods: Participants (n = 10) of this study were eutrophic and sedentary men, aged 20 to 40 years, selected for convenience under two conditions: Rest (R) and Exercise (E). In both conditions the participants performed the task of visual computerized attention (Visual Probe Task). The task measures the VA through the reaction time (TR) of the participants to a target. A pair of images (food x object) was displayed on the monitor screen. Participants responded to an arrow that replaced either the target image or the control image. The VA calculation was (TR control - TR target). Positive values indicate bias for palatable food images and negative values indicate avoidance of these foods when significantly different from zero (t-test). Repeated measures ANOVAs were used to compare TRs. The VA between conditions was compared by a t-test of paired samples Results: Only for condition R, the VA index was different from zero and negative (-14.72±18.72 ms, t (9) = -2.49, p = 0.035), indicating avoidance of food images Palatable. In t-tests of paired samples, a trend (p = 0.097) of VA difference in R and E conditions was found. The RT for control images (530.62±23.27 ms) was significantly lower than for target images (541.61±24.98 ms) (F (1.1) = 7.09, p = 0.026, ηp² = 0.44) under both conditions. Conclusion: An aerobic session did not decrease VA for palatable food images compared to resting condition. In both conditions, participants presented a lower RT for palatable food images. An avoidance of palatable food images may be an adaptive response of eutrophic individuals to maintain weight.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/169097
Arquivos Descrição Formato
001047918.pdf (492.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.