Repositório Digital

A- A A+

Microclima, desenvolvimento e produção de videiras 'Niágara Rosada' em cultivo orgânico sob cobertura plástica

.

Microclima, desenvolvimento e produção de videiras 'Niágara Rosada' em cultivo orgânico sob cobertura plástica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Microclima, desenvolvimento e produção de videiras 'Niágara Rosada' em cultivo orgânico sob cobertura plástica
Outro título Microclimate, development and yeld of 'Niágara Rosada' grapevines in organic cultivation under plastic covering
Autor Comiran, Flávia
Orientador Bergamaschi, Homero
Co-orientador Santos, Henrique Pessoa dos
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Clima
Cultivo orgânico
Estufa
Meteorologia
Pratica cultural
Uva
Resumo Radiação solar, precipitação, vento, temperatura e umidade do ar são os elementos de maior influência sobre o desenvolvimento e a produção de videiras. Em microescala eles podem ser alterados pelo uso de cobertura plástica sobre vinhedos, visando melhorar a produção e a qualidade das uvas. O objetivo deste trabalho foi caracterizar alterações micrometeorológicas causadas pelo uso de plástico sobre vinhedos e seus efeitos no desenvolvimento e produção de videira Niágara Rosada. O estudo foi conduzido num vinhedo em cultivo orgânico, no sistema latada, em Bento Gonçalves, RS, na safra 2007/08. Cinco linhas de plantas foram cultivadas sob plástico transparente (160 µm) em arcos descontínuos. Ao lado, foram mantidas linhas descobertas como controle. Nos dois ambientes foram monitoradas radiação fotossinteticamente ativa (RFA), temperatura e umidade do ar, ao nível do dossel e dos cachos, e velocidade do vento. Calculou-se a eficiência de interceptação do dossel para RFA, o acúmulo de graus-dia e a evapotranspiração de referência (ETo). Foram monitorados fenologia, índice de área foliar (IAF), peso e diâmetro de bagas, teor de sólidos solúveis e acidez total titulável, incidência de doenças fúngicas e rendimento de frutos. A cobertura reduziu em 34% a RFA incidente e aumentou a temperatura do ar junto ao dossel, com maior efeito nas máximas diárias (+3,1ºC). Ela reduziu em 93% a velocidade média do vento. No período diurno o ambiente coberto teve menor umidade relativa, maior pressão de vapor e maior déficit de saturação que em céu aberto. Com isto, ETo foi reduzida em 11% pela cobertura. A eficiência média de interceptação de RFA foi 0,59 no vinhedo descoberto e 0,56 no coberto, com respectivos máximos de 0,79 e 0,75 na mudança de cor das bagas, quando IAF foi máximo (2,1 e 2,5). A cobertura acelerou o desenvolvimento das videiras até a maturação das uvas, mas retardou a queda de folhas. Ela também promoveu maior IAF e maior duração da área foliar, com melhor condição fitossanitária das plantas. Não foi observada incidência de doenças fúngicas no vinhedo coberto. A cobertura proporcionou aumento na produção de uvas de 12,3 para 27,1 t ha-¹. Portanto, o uso de cobertura plástica sobre vinhedos é uma alternativa importante visando à produção de uvas de mesa na região da Serra Gaúcha em sistemas de cultivo orgânico.
Abstract Solar radiation, rainfall, wind, air temperature, and air humidity have a great influence on the development and yield of grapevines. In a micro scale level these elements can be modified by using plastic covering on vineyards, allowing to improvements of production and quality of grapes. The objective of this study was to quantify microclimatic alterations caused by the plastic covering, as well as to evaluate its effects on the plant development and production of grapevines cv. Niágara Rosada. A field experiment was carried out in a three-year old vineyard, in Bento Gonçalves, RS, during the 2007/08 growing season. Five rows of plants were grown under a transparent plastic film (160 µm) in discontinuous arcs. The rest of the vineyard was kept in open sky, as control. In both the environments the photosynthetically active radiation (PAR), air temperature and humidity, and wind velocity were monitored. The efficiency of PAR interception, degree-days accumulation, and reference evapotranspiration (ETo) were estimated. The crop phenology and leaf area index (LAI), the weight, diameter, sugar concentration and acidity in grapes, as well as the incidence of fungal diseases and fruit yields were determined. The plastic covering reduced in 34% the incident PAR on the canopy, but increased the air temperature, in particular the maximum daily temperature (+3.1°C). It reduced the wind velocity in 93% in comparison to open air. During the day, the air relative humidity was reduced, while the water vapor pressure and the vapor pressure deficit were increased under the covering. ETo in the covered environment was 89% of ETo in open air. The mean efficiency of PAR interception was 0.59 and 0.56 for the uncovered and covered vineyards, respectively. Maximum efficiencies rose to 0.79 and 0.75 at beginning of grape maturation, with maximum LAI (2.1 and 2.5). The coverage has accelerated the plant development until the fruit maturation, but delayed the senescence of leaves. It has also promoted increments of LAI and leaf area duration, and prevented the incidence of fungal diseases on the covered vineyard. The grape yields were 12.3 and 27.1 t ha-¹ in the uncovered and covered vineyards, respectively. Therefore, the use of plastic covering over vineyards seems to be an important alternative practice for producing table grapes in organic cultivation systems, in the Serra Gaúcha region of Rio Grande do Sul, Brazil.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17082
Arquivos Descrição Formato
000709846.pdf (920.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.