Repositório Digital

A- A A+

Qualidade do leite em sistemas de produção na região Sul do Rio Grande do Sul

.

Qualidade do leite em sistemas de produção na região Sul do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade do leite em sistemas de produção na região Sul do Rio Grande do Sul
Outro título Milk quality in production systems in the Southern region of Rio Grande do Sul, Brazil
Autor Zanela, Maira Balbinotti
Fischer, Vivian
Ribeiro, Maria Edi R.
Stumpf Junior, Waldyr
Zanela, Claudir
Marques, Lúcia Treptow
Martins, Paulo Ricardo G.
Resumo O objetivo deste trabalho foi caracterizar a produção e a qualidade do leite em sistemas de produção da região Sul do Rio Grande do Sul e verificar a porcentagem de amostras que se enquadram nos limites determinados pela Instrução Normativa 51 (IN 51). De setembro de 2000 a agosto de 2001, exceto janeiro, foram monitoradas, mensalmente, dez unidades de produção leiteira classificadas nos seguintes sistemas de produção: especializado, semi-especializado e não especializado. Em amostras coletadas no tanque resfriador, foram avaliadas características físico-químicas do leite, realizada a contagem de células somáticas e a produção de leite foi corrigida para 4% de gordura. Houve diferença significativa entre os sistemas para produção de leite, porcentagens de gordura, lactose, caseína, sólidos totais, sólidos desengordurados, contagem de células somáticas, acidez titulável e densidade. Consideradas todas as características do leite, apenas 41,8% das amostras se enquadraram nos limites estabelecidos pela IN 51. A maior especialização dos sistemas resultou em aumento da produção de leite e menor contagem de células somáticas, além de maiores valores porcentuais da caseína, lactose e sólidos desengordurados, possivelmente pelo melhor manejo nutricional e higiene na ordenha.
Abstract The objective of this work was to characterize milk yield and quality of production systems in the southern region of Rio Grande do Sul, and verify the proportion of samples in the range allowed by Federal Normative Instruction 51 (IN 51), created to establish quality parameters for milk in the country. From September 2000 to August 2001, except January, ten dairy production units were monthly evaluated and then classified into three productions systems: specialized, partially specialized and nonspecialized. Bulk tank milk was sampled to determine physicochemical characteristics, somatic cell count and milk production was corrected to 4% milk fat. Production systems differed statistically for milk production, percentages of fat, lactose, casein, total solids, nonfat solids, somatic cell count, acidity and density. Only 41.8% of samples were in the acceptable range of IN 51 rules. Production systems greatest specialization resulted in higher milk yield, reduced somatic cell count and larger percentages for milk casein, lactose and non-fat solids, probably due to better nutritional management and milking hygiene.
Contido em Pesquisa agropecuaria brasileira: 1977. Brasília. Vol. 41, n.1 (jan. 2006), p. 153-159
Assunto Gado leiteiro
Leite : Produção
Leite : Qualidade
[en] Federal Normative Instruction 51
[en] Milk physicochemical properties
[en] Milk production
[en] Somatic cell count
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/171243
Arquivos Descrição Formato
000557243.pdf (665.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.