Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da capacidade funcional de pacientes submetidos ao transplante hepático no Hospital de Clínicas de Porto Alegre

.

Avaliação da capacidade funcional de pacientes submetidos ao transplante hepático no Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da capacidade funcional de pacientes submetidos ao transplante hepático no Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Autor Cabeleira, Daiane Dias
Orientador Santos, Antonio Cardoso dos
Co-orientador Nery, Rosane Maria
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Exercício
Hepatopatias
Teste de caminhada
Transplante de fígado
[en] Liver disease
[en] Physical exercise
[en] Six-minute walk test
Resumo Introdução: Doentes Hepáticos mesmo após o Transplante de Fígado (TF) apresentam heranças fisiopatológicas que podem influenciar na diminuição da Capacidade Funcional (CF). Objetivo: Traçar o perfil dos pacientes pós TF em relação à CF, e definir quais os melhores exercícios físicos para compor futuro programa de condicionamento físico dos pacientes, tanto antes como depois do TF. Métodos: Estudo transversal com 52 pacientes submetidos ao TF entre os anos de 2002 e 2013. Foi realizado o Teste de Caminhada de 6 minutos (TC6). Resultados: 51,9% dos pacientes eram homens, sendo a média de idade da amostra 58 + 10,26 anos. Entre os participantes, 48,1% eram hipertensos, 42,3% obesos e 40,4% tinham diabetes tipo II. Tacrolimus é o medicamento mais utilizado em 84,6% dos pacientes. O DPTC6 média total foi de 497 + 90 metros, onde os homens andavam distância média mais alta que as mulheres (531 + 70 e 460 + 95 metros respectivamente). Sexo e Idade foram significativas (p=0,002 e p=0,011), evidenciando que a média do TC6 é maior em homens mais jovens do que em mulheres, independentemente do tempo transcorrido após o TF (p>0,05). Em relação a prática de exercícios físicos, apesar de não ser estatisticamente significativa, evidenciou-se que praticantes possuem melhores DPTC6. Conclusão: A DPTC6 por pacientes já submetidos ao Transplante de Fígado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, é indicativa de boa capacidade funcional, principalmente entre os pacientes mais jovens, os do sexo masculino e praticantes de exercícios físicos.
Abstract Introduction: The pathophysiological profile of patients with liver disease may impact functional capacity even after liver transplantation (LT). Objective: To describe functional capacity after LT in a group of Brazilian patients. Methods: This cross-sectional study included 52 patients submitted to LT between 2002 and 2013. Functional capacity was determined using the six-minute walk test (6MWT). Results: The mean age of the overall sample was 58 ± 10.26 years, and 51.9% were male. Hypertension was detected in 48.1%, obesity in 42.3%, and type 2 diabetes in 40.4%. Tacrolimus was the most used medicine (84.6% of patients). The mean distance traveled in the 6MWT was 497 + 90 m (531 ± 70 m for males vs. 460 ± 95 m for females). Gender and age were significantly associated with 6MWT results (p=0.002 and p=0.011), showing a higher mean 6MWT distance in younger men than in women, regardless of the time elapsed since LT (p<0.05). In relation to physical exercise, physically active individuals had more favorable 6MWT results; however, this association was not statistically significant. Conclusion: The present group of LT patients had good functional capacity as measured by the 6MWT, especially younger patients, male patients, and physically active patients.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/171366
Arquivos Descrição Formato
001054773.pdf (1.434Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.