Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da capacidade de remoção de matéria orgânica e inorgânica presente em água bruta utilizando sistema convencional de tratamento de água, mimetizado em escala de bancada – Jar test

.

Avaliação da capacidade de remoção de matéria orgânica e inorgânica presente em água bruta utilizando sistema convencional de tratamento de água, mimetizado em escala de bancada – Jar test

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da capacidade de remoção de matéria orgânica e inorgânica presente em água bruta utilizando sistema convencional de tratamento de água, mimetizado em escala de bancada – Jar test
Autor Haetinger, Karen Josiane
Orientador Pizzolato, Tania Mara
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Águas superficiais
Tratamento de aguas
[en] Color
[en] Jar test
[en] Organic Matter
[en] Surface water
[en] Turbidity
Resumo O acesso à água de qualidade constitui um dos grandes direitos do ser humano em termos de políticas públicas na área sanitária, apesar de esse acesso estar longe de ser universal. Neste aspecto, as Estações de Tratamento de Água (ETAs) contabilizam processos, pessoal técnico capacitado e infraestrutura, que têm por finalidade atender à demanda da produção de água potável de qualidade às regiões abastecidas por esses sistemas. Dentre as etapas do tratamento, existe a possibilidade de permanência de alumínio, como resíduo, na água de abastecimento, devido ao uso de sulfato de alumínio, no processo de floculação. O uso de cloro na etapa de desinfecção também é um parâmetro que deve ser controlado em termos de residual, bem como a presença de outros íons e o consumo de oxigênio. Visando a melhor qualidade do produto final (água potável), foram realizados diversos ensaios de floculação, variando a dosagem do produto coagulante e do sistema de remoção de compostos residuais (carvão ativado), para obter-se um panorama dos parâmetros citados da água produzida. Para tal, foram realizados ensaios em escala de bancada, através do teste de clarificação – Jar test, em três diferentes pontos de captação. No total, 36 dosagens de clarificação de água bruta foram realizadas, em duas etapas. Na ETA, foi analisada uma amostra de água bruta (na entrada do processo) e de água tratada (no ponto de início da distribuição para a rede), com relação aos parâmetros de controle convencionais. Nos testes de mimetização, confirmou-se que as dosagens dos produtos químicos utilizados no tratamento de água são dependentes da qualidade da água do manancial captada, onde a dosagem de sulfato de alumínio no momento da coleta de água superficial serve de parâmetro para a realização do mesmo. No presente estudo, as variações de sulfato de alumínio se encontram na faixa de 15 a 40 mg/L. Mesmo após a utilização de carvão ativado em batelada, com concentrações que variaram entre 15 e 60 mg/L, verificou-se a presença de residual de 8 alumínio, na faixa de 0,04 a 0,09 mg/L que, apesar de estarem abaixo do valor preconizado pela legislação podem, a longo prazo, significarem danos à saúde pública, uma vez que o alumínio é um metal cumulativo.
Abstract The access to quality water is one of the great rights of the human being in terms of public policies in the health area, although this access is far from to be universal. In this regard, Water Treatment Stations (WTSs) account for processes, trained technical folks and infrastructure, whose purpose is to meet the demand for the production of quality wastewater to the regions supplied by these systems. Among the stages of treatment, there is the possibility of the presence of aluminium, as a residue due to the use of aluminium sulfate, in the process flocculation. In addiction: the use of chlorine in the disinfection step is also a parameter that must be controlled in terms of residual, as well as the presence of other ions and the consumption of oxygen. In order to obtain the best quality of the final product (wastewater), several flocculation tests were performed, varying the dosage of the coagulant product and the residuals removal system (activated carbon), to obtain an overview of the cited parameters of the produced water. For this, stand scale tests were performed through the clarification test – Jar test, at three different capture points. In total, 36 clarification dosages of crude water were performed, in two stages. At WTS, a sample of raw water (at the entrance of the process) and treated water (at the point of beginning of the distribution to the network) was analyzed, in relation to the conventional control parameters. In the tests of mimicry, it was confirmed that the dosages of the chemicals used in the treatment of water are dependent of the water quality of the source stock, where the dosage of aluminium sulfate at the moment of the collection of surface water serves as parameter for the accomplishment of the same. In the present study, the variations of aluminium sulfate are in the range of 15 to 40 mg/L. Even after the application of batch activated carbon, with concentrations varying between 15 and 60 mg/L, the presence of residual aluminium was observed, where the variation was 0.04 to 0.09 mg/L Al wich, although lower than the value advocated by the legislation may, in the long term mean damage to the public health, since aluminium is a cumulative metal.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/171369
Arquivos Descrição Formato
001053855.pdf (596.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.