Repositório Digital

A- A A+

Petrologia do Granito Três Figueiras, sudeste do Cinturão Dom Feliciano, RS

.

Petrologia do Granito Três Figueiras, sudeste do Cinturão Dom Feliciano, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Petrologia do Granito Três Figueiras, sudeste do Cinturão Dom Feliciano, RS
Autor Klein, Fernando Galvão
Orientador Koester, Edinei
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Cinturão Dom Feliciano
Granito Três Figueras
Resumo O Granito Três Figueiras representa a única ocorrência de granitos peraluminosos no extremo sudeste do Cinturão Dom Feliciano (RS), sendo um granitoide sincinemático à Zona de Cisalhamento Arroio Grande. O objetivo deste trabalho é a caracterizaração geológica do granito, através de estudos de campo, microscopia óptica, geoquímica de rocha total (ICP-MS) e datações U-Pb em zircão (SHRIMP). O granito é cinza claro, composto por quartzo, K-feldspato, plagioclásio, muscovita, biotita (M‟ 7-10), com granada, turmalina, zircão, monazita e apatita como minerais acessórios. Nas porções afetadas pela zona de cisalhamento, desenvolve uma trama milonítica com foliação tectônica subvertical com mergulho > 70° para SE e lineação de estiramento sub-horizontal marcada pelas micas e agregados estirados de quartzo e feldspato, com direção N80°E e caimento de até 10° para ENE, que demonstram o caráter transcorrente desta zona. Nos termos milonitizados, o arranjo da matriz chega a apresentar textura granoblástica poligonal, recristalização parcial de dos cristais de feldspatos e a formação de mirmequitos por deformação, o que indicam temperaturas de deformação de pelo menos 550°C. Indicadores cinemáticos como feldspatos com cauda de recristalização assimétricas, pares S-C, atestam uma cinemática destral para essa zona. O granito é classificado como peraluminoso, com teores de A/CNK entre 1,07 e 1,21 e coríndon normativo entre 1,2 a 3 %. Possui altos teores de SiO2, Al2O3, álcalis, e baixos teores de FeO, MgO e TiO2. Apresenta correlação negativa para a maioria dos elementos maiores, o que indica que o principal processo de evolução magmática foi a cristalização fracionada. Uma fonte homogênea é sugerida a partir da relação entre elementos traços e ETR. Com a datação U-Pb se obteve uma idade de cristalização magmática de 585 ± 16 Ma, que registra um importante eventode fusão crustal para o extremo sudeste do Cinturão Dom Feliciano.
Abstract The TrêsFigueiras Granite represents the occurrence of peraluminous granite in the southeastern Dom Feliciano Belt, representing a sinkynematic rock to the Arroio Grande Shear Zone. The aim of this work is to make the geologic characterization of the granite through field studies, optic microscopy, geochemistry and U-Pb geochronology. The granite is light grey coloured composed by quartz, K-feldspar, plagioclase, muscovite, biotite (M‟ 7-10), with garnet, tourmaline, zircon, monazite and apatite as accessory minerals. When affetected by shear zone, it develops a mylonitic fabric with subvertical tectonic foliation with dip >70° for SE and a stretching lineation marked by elongated micas and aggregates of quartz and feldspar, both with a N80°E trend dipping 10° ENE. On the milonitc terms the matrix shows granoblasticpolygonal texture, parcialrecristalization of feldspar and formation of mirmequite by deformation which indicates deformation temperatures of at least 550°C. Kynematic indicators like assimetric tails in feldspar and S-C pair define a dextral kinematic to this zone. The granite is classified as a peraluminous granite with A/CNK content ranging between 1.07 and 1.21 and normative corundum from 1.2 to 3 %. It has high SiO2, Al2O3 and alkalis (K2O + NaO) and low FeO, MgO and TiO2 contents. In Harker diagrams shows negative correlation for most of the major elements in response to the fractional crystallization process. An homogeneous source is suggested based on the relation between trace elements and ETR. Zircon U-Pb SHRIMP dating yielded an age of 585 ± 16 Ma, interpreted as magmatic crystallization an important record of Neoproterozoic peraluminous magmatism in the southeastern portion of the Eastern Domain of Dom Feliciano Belt.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/171434
Arquivos Descrição Formato
001055908.pdf (10.09Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.