Repositório Digital

A- A A+

Método para determinação de nível de serviço em praças de pedágio

.

Método para determinação de nível de serviço em praças de pedágio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Método para determinação de nível de serviço em praças de pedágio
Autor Oliveira, Marcelo Leismann de
Orientador Cybis, Helena Beatriz Bettella
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Indicadores de desempenho
Praça de pedágio : Eficiência
[en] Level of service
[en] Measures of efficiency
[en] Toll plaza
Resumo Este trabalho propõe um método para análise de níveis de serviço em praças de pedágio. Para atingir o objetivo proposto foi realizada revisão bibliográfica, e levantados (i) fatores que afetam as capacidades de rodovias e (ii) praças de pedágio, (iii) principais trabalhos que analisaram capacidades e níveis de serviço em praças, e suas limitações e (iv) indicadores de desempenho para praças de pedágio utilizados em trabalhos da literatura e na prática brasileira. Níveis de serviço estão diretamente relacionados à percepção de desconforto e inconveniência de usuários quando trafegando em distintas situações de tráfego. Neste sentido, foram elaborados cenários micro-simulados contendo alguns fatores intervenientes na percepção de qualidade de tráfego em praças. Os cenários foram utilizados em pesquisa qualitativa junto a usuários, com vistas a captar as percepções de qualidade de tráfego. O indicador de desempenho selecionado para representar a qualidade de tráfego nas praças foi o comprimento médio das filas nas cabines. De posse das percepções de qualidade do tráfego declaradas, realizou-se modelagem e foi obtida equação que relaciona os fatores (variáveis explicativas) com as percepções de qualidade de tráfego (variável dependente). Comprimentos de filas estão diretamente relacionados com o número de veículos em fila e a composição do fluxo de tráfego, assim foram propostos fatores de equivalência veicular. Com a finalidade de realizar aplicação do modelo, foram elaboradas tabelas, que relacionaram a percepção de qualidade do tráfego e o indicador de filas médias equivalentes nas cabines. Por fim, foram realizadas análises operacionais de processamentos de veículos, e obtidas capacidades de cabines para fluxos exclusivos. A análise proporcionou a obtenção de fatores de equivalência operacionais para processamento de veículos nas cabines e tempos de espera em fila, assim como identificação de que volumes de tráfego próximos as capacidades são julgados pelo método proposto como nível de serviço "D", diferentemente de critério verificado, por exemplo, no HCM-2000.
Abstract This work proposes a method for the analysis of the level of service at toll plazas. To achieve the proposed objective, a literature review was performed to identify: (i) factors that affect the capacity of roads, (ii) factors that affect the capacity of toll plazas, (iii) studies that examined capacity and level of service for toll plazas, and its limitations and, (iv) measures of efficiency for toll plazas. The levels of service are directly related to driver's perception of discomfort and inconvenience when traveling in different traffic conditions. To evaluate the relationship between driver's perception and level of service, scenarios were designed taking into account factors that involve the perception of quality of traffic at toll plazas. The scenarios were used in a qualitative study where drivers were asked concerning their perceptions about traffic quality. The control variable used to represent the traffic quality at toll plazas was the average queue length at booths. The outcome of the study was a model that relates the factors (explanatory variables) with the perceptions of traffic quality (dependent variable). Since queue length is directly proportional to the number of vehicles in queue and to traffic flow composition, equivalence factors were proposed for heavy vehicles in the queue. Results obtained from the model were placed into tables. Finally, operational analyses for processing vehicles were held and the capacity of microsimulated tollbooths was obtained. Through the analyses it was possible to define operational equivalence factors for processing vehicles at booths and corresponding waiting time in queue. In addition, unlike other methods, i.e. HCM2000, the levels of traffic flow near toll plaza capacities were evaluated by the proposed method as service level "D".
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17144
Arquivos Descrição Formato
000710965.pdf (1.526Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.