Repositório Digital

A- A A+

Achados clínico-patológicos e métodos de controle da intoxicação por Pteridium (aquilinum) arachnoideum

.

Achados clínico-patológicos e métodos de controle da intoxicação por Pteridium (aquilinum) arachnoideum

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Achados clínico-patológicos e métodos de controle da intoxicação por Pteridium (aquilinum) arachnoideum
Autor Boabaid, Fabiana M.
Orientador Driemeier, David
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Bovinos
Edema laringeo
Hemorragia
Herbicidas
Intoxicacao por plantas
Pastejo
Patologia veterinaria
Plantas tóxicas
Pteridium aquilinum
Samambaia
[en] Bracken fern
[en] Diseases of cattle
[en] Poisonous plants control
Resumo A infestação de pastagens por populações de Pteridium arachnoideum é um problema que afeta a pecuária, em diversas partes do mundo. Os efeitos deletérios da infestação pela planta sobre a bovinocultura são manifestados na forma de mortalidades e de redução das áreas de pastagens, assim como de perdas produtivas. Devido à importância dessas perdas na produção de bovinos, foi proposto o acompanhamento de uma propriedade do Rio Grande do Sul com problemas decorrentes da infestação pela planta em sua casuística e métodos de controle empregados. Adicionalmente, realizou-se teste da viabilidade de ovinos como ferramenta de controle biológico. Dos casos de intoxicação naturais acompanhados na propriedade, observou-se a ocorrência de quadro agudo de diátese hemorrágica e de quadro crônico de carcinomas do trato digestório superior. Observou-se que quando expostos a fatores predisponentes, como a introdução em áreas recentemente roçadas, os bovinos podem consumir altas doses da planta e assim desenvolver a enfermidade aguda em forma de surtos. Em diversos bovinos jovens com quadro de diátese hemorrágica, além das hemorragias disseminadas e infartos múltiplos, observou-se acentuado edema laríngeo, que cursava clinicamente com dispneia e estertores respiratórios característicos. Os carcinomas do trato digestório superior, apesar de menos frequentes, causaram expressivas perdas devido a mortalidades anuais de matrizes. A tentativa de controle pelo pastejo por ovinos não foi eficiente, devido ao consumo pouco expressivo na lotação praticada. Mortalidade de ovinos, no entanto, decorrente do consumo da planta não foi registrada. O método de combate à planta aplicado na propriedade combinava ou associava a roçagem em áreas densamente povoadas com o uso de herbicidas, nomeadamente metilsulfuron-metil e picloram, em todos os piquetes. A redução da cobertura da P. arachnoideum foi variada em diferentes piquetes; entretanto, possibilitou a recuperação de algumas áreas de pastejo.
Abstract The infestation of pastured areas by Pteridium arachnoideum populations has been a considerable and global problem to the livestock production. The deleterious effects of the plant infestation on cattle are manifested as animal mortality and pasture coverage reduction. Given the importance of P. arachnoideum in cattle production, it has been proposed to monitor a beef cattle farm in Rio Grande do Sul, to assess some of the losses associated with the plant consumption apart of the methods employed for controlling the plant. In addition, the viability of sheep’s grazing as a biological control tool was tested. Cases of natural poisoning observed in the farm included the acute form, known as hemorrhagic diathesis as well as the chronic form, consisting in digestive carcinomas. When cattle were exposed to any predisposing factor, such as being moved to newly mowed areas, it was noted that the amount of plant consumed can readily lead to an outbreak of acute poisoning. Several cases of hemorrhagic diathesis in young cattle went along with marked laryngeal edema, which was clinically manifested as dyspnea and roaring, in addition to the classic pathological changes of widespread hemorrhages and infarcts. Even though less frequent, carcinomas of the upper digestive tract caused significant losses, due to annual mortality of mature cows. The attempt through grazing by sheep wasn’t efficient to control P. aquilinum, due to the low consumption of the plant seen in the actual stocking. However, sheep mortality, by P. arachnoideum consumption was not recorded. The plant control method applied at the farm combined mowing of densely populated areas with herbicide applications, namely metilsulfuron-methyl and picloram, in all paddocks. The reduction of P. arachnoideum coverage was varied in different paddocks; however, allowed the recovery of some grazing areas.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/171444
Arquivos Descrição Formato
001056022.pdf (9.077Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.