Repositório Digital

A- A A+

Estudo da linearidade da produção em células de manufatura através de simulação a eventos discretos

.

Estudo da linearidade da produção em células de manufatura através de simulação a eventos discretos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da linearidade da produção em células de manufatura através de simulação a eventos discretos
Autor Braghirolli, Lynceo Falavigna
Orientador Pasa, Giovana Savitri
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Indústria metal-mecânica
Manufatura celular
Simulação computacional
[en] Cell
[en] Linearity
[en] Manufacturing
[en] Productivity
[en] Simulation
Resumo O atual meio no qual as empresas estão inseridas é caracterizado por mudanças freqüentes na demanda de seus produtos. Para que obtenham sucesso frente à concorrência, é necessário que as empresas saibam lidar com estas variações. No contexto da manufatura celular, uma das possibilidades de ajuste da produção à demanda é através da alteração do número de operadores que atuam nas células. Entretanto, o ambiente competitivo exige que tais mudanças não interfiram na produtividade da mão-de-obra, devido ao seu impacto nos custos. Assim, este trabalho visa estudar o efeito da alteração do número de operadores sobre a produtividade da mão-de-obra em células de manufatura. Neste contexto, é afirmado na literatura que existe uma relação linear entre o número de operadores e a produção das células, chamada linearidade da mão-de-obra. Esta linearidade é resultado da produtividade constante dos operadores, independentemente do número de operadores na célula. Através de três estudos de caso no setor metal-mecânico, foram observadas células em funcionamento para verificar esta relação. Utilizando-se a simulação computacional, para cada célula estudada foi gerado um modelo do estado atual que representa o funcionamento observado na célula, e um modelo alternativo que representa a célula com outro número de operadores. Os resultados obtidos na simulação do cenário alternativo foram confrontados com estimativas realizadas através da hipótese de linearidade da mão-de-obra. Dos três casos observados, apenas um apresentou comportamento linear. Os outros dois casos apresentaram um comportamento não-linear. Como fontes desta não-linearidade foram encontrados: o balanceamento das atividades entre os operadores, a relação entre os operadores e o tempo de ciclo automático dos equipamentos e a alteração nos deslocamentos dos operadores.
Abstract The current environment where companies operate is characterized by frequent changes in the demand for their products. To achieve success against competitors, it is necessary for companies to know how to deal with these variations. One of the possibilities of adjusting production to demand in the context of cellular manufacturing is by changing the number of operators in the cells. However, the competitive environment requires that such changes do not interfere in the labor productivity due to its impact on costs. This work aims to study the effect of changing the number of operators on the labor productivity in manufacturing cells. In this context, it is stated in the literature that there is a linear relationship between the number of operators and the cells production, called labor linearity. This linearity is a result of constant operator productivity, irrespective of the number of operators in the cell. Through three case studies in metal-mechanical sector, cells operations were observed to verify this relationship. Using computer simulation, a model was created that represents the current operational state observed in the cell for each cell studied, and an alternative model that represents a cell with another number of operators. The results obtained from the simulation of the alternative model were compared with estimates made on the assumption of labor linearity. Only one of the three cases observed showed linear behavior. The other two cases showed a nonlinear behavior. As sources of nonlinearity we found: the balance of activities between operators, the relation between the operators and the equipment automatic cycle time and the change in the displacement of the operators.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17151
Arquivos Descrição Formato
000711574.pdf (1.335Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.