Repositório Digital

A- A A+

Sistemática para avaliação e melhoria da flexibilidade de layout em ambientes dinâmicos

.

Sistemática para avaliação e melhoria da flexibilidade de layout em ambientes dinâmicos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistemática para avaliação e melhoria da flexibilidade de layout em ambientes dinâmicos
Outro título A method to measure and improve layout flexibility in dynamic environments
Autor Neumann, Carla Simone Ruppenthal
Orientador Fogliatto, Flavio Sanson
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Indústria metal-mecânica
Layout industrial
[en] Dynamics environments
[en] Layout flexibility
[en] Method
Resumo Tradicionalmente, para que um layout possa ser avaliado, devem-se enfocar fatores de proximidade e de adjacência, já que os mesmos aumentam a eficiência da movimentação de materiais, o que reduz custos operacionais. Adicionalmente, se sugere acrescentar robustez, flexibilidade, suficiência e utilização do espaço a esses fatores. Nesta tese se apresenta uma sistemática de avaliação e melhoria da flexibilidade de layout em ambientes dinâmicos. Mais explicitamente, propõe-se mensurar os habilitadores de flexibilidade de um layout, ou seja, que o torna capaz de reagir às incertezas externas e internas que surgem à medida que mudam as necessidades futuras da produção. A sistemática proposta é desenvolvida em dez etapas, as quais partem de matrizes semelhantes as do Quality Function Deployment (QFD) para verificar o impacto de fatores de proximidade de departamentos, de utilização de área e de associação com outros tipos de flexibilidade de manufatura na flexibilidade de layout. A tese também traz uma proposta de análise reversa do QFD para comparar o que está realmente sendo valorado pela instalação ao ponderar os indicadores medidos. As proposições apresentadas são ilustradas em um caso prático de uma empresa do setor metal mecânico, representado pela sistemática, pelos índices de flexibilidade de layout e pelos direcionamentos de melhoria.
Abstract In the traditional evaluation of layouts emphasis is placed on factors such as proximity and adjacency, as they increase materials handling efficiency, reducing operational costs. It is usually recommended to consider additional factors in the analysis, such as robustness, flexibility, sufficiency and use of space. In this dissertation we propose a method to evaluate and improve layout flexibility in dynamic environments. More explicitly, we propose measuring the enablers of a layout that are capable of reacting to external and internal uncertainties that arise as production needs change. The proposed method is implemented in ten stages. We start using matrices similar to those in the Quality Function Deployment (QFD) method to measure the impact of proximity between departments, use of production space, and association with other types of manufacturing flexibility on layout flexibility. The thesis also presents a proposition where the traditional QFD analysis is performed in reverse. The propositions presented are illustrated in a case study from the metal component processing sector.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17152
Arquivos Descrição Formato
000711592.pdf (1.237Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.