Repositório Digital

A- A A+

Revisão bibliográfica do ECG e suas alterações

.

Revisão bibliográfica do ECG e suas alterações

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Revisão bibliográfica do ECG e suas alterações
Outro título ECG e suas alterações
Autor Souza, André Luiz de
Orientador Gerardi, Daniel Guimarães
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Anatomia
Arritmias cardíacas
Coração
Eletrocardiografia
Eletrocardiograma
Eletrofisiologia cardíaca
[en] Arrhythmias
[en] Electrocardiogram
[en] History of the electrocardiogram
[en] Leads
Resumo O coração é um órgão muscular oco com quatro câmaras, responsável pela entrega de sangue aos tecidos, bem como pela remoção dos catabólitos produzidos pelo organismo. É composto por células especializadas na produção e condução da despolarização do músculo cardíaco, de modo que o coração funciona de modo sincronizado, a partir do estímulo elétrico do nodo sinoatrial. As atividades elétricas do coração podem ser registradas em traçados, através do que chamamos hoje aparelho de eletrocardiograma (ECG). Entretanto, embora esse registro tenha ocorrido pela primeira vez em 1887, o eletrocardiógrafo foi desenvolvido e aprimorado concomitantemente às descobertas tecnológicas e contribuições de diversos cientistas da área do conhecimento humano. Somente a partir da descoberta das derivações precordiais, em 1938, o ECG passou a ter aplicação, na clínica médica humana e veterinária, de forma padronizada na fixação dos eletrodos. Trata-se de um método diagnóstico não invasivo, considerado padrão-ouro na identificação das alterações elétricas de ritmo do coração. Além disso, o ECG pode ser utilizado no monitoramento transcirúrgico e do uso de antiarrítmicos, na detecção de hipertrofias cardíacas, cardiopatias congênitas, efusão pericárdica, bem como pode identificar distúrbios sistêmicos eletrolíticos, metabólicos e endócrinos.
Abstract The heart is a hollow muscular organ with four chambers, responsible for the delivery of blood to the tissues, as well as for the removal of the catabolites produced by the organism. It consists of cells specialized in the production and conduction of depolarization of the cardiac muscle, so that the heart functions synchronously, from the electrical stimulation of the sinoatrial node. The electrical activities of the heart can be recorded in strokes, through what we now call the electrocardiogram (ECG) device. However, although this record first occurred in 1887, the electrocardiograph was developed and improved concomitantly to the technological discoveries and contributions of several scientists in the area of human knowledge. It was only after the discovery of precordial leads in 1938 that the ECG became standardized in the fixation of the electrodes in the human and veterinary medical clinic. It is a non-invasive diagnostic method, considered a gold standard for the identification of electrical changes in the heart rhythm. In addition, the ECG can be used for transsurgical monitoring and the use of antiarrhythmic drugs in the detection of cardiac hypertrophy, congenital heart disease, pericardial effusion, and can identify systemic electrolyte, metabolic and endocrine disorders.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/171566
Arquivos Descrição Formato
001050558.pdf (2.445Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.