Repositório Digital

A- A A+

Contribuições de uma intervenção psico-educativa para as estratégias de enfrentamento e a qualidade de vida de gestantes portadoras de hiv/aids

.

Contribuições de uma intervenção psico-educativa para as estratégias de enfrentamento e a qualidade de vida de gestantes portadoras de hiv/aids

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contribuições de uma intervenção psico-educativa para as estratégias de enfrentamento e a qualidade de vida de gestantes portadoras de hiv/aids
Autor Carvalho, Fernanda Torres de
Orientador Piccinini, Cesar Augusto
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Enfrentamento
Gravidez : Psicologia
Infecções por HIV : Psicologia
Maternidade
Qualidade de vida
[en] Coping strategies
[en] HIV/Aids
[en] Pregnant women
[en] Psycho-educational intervention
[en] Quality of life
Resumo O presente estudo teve como objetivo investigar as contribuições de uma intervenção psico-educativa para as estratégias de enfrentamento e a qualidade de vida de gestantes portadoras de HIV/Aids. Participaram 20 gestantes, entre 20 e 40 anos (M=29,9; DP=5,7), com 24 semanas ou mais de gestação e que engravidaram sabendo-se portadoras de HIV/Aids. Utilizou-se um delineamento quase experimental, com pré e pós-teste, e as contribuições da intervenção foram avaliadas por uma escala de estratégias de enfrentamento, outra sobre qualidade de vida, além de uma entrevista de avaliação da intervenção. A intervenção consistiu em cinco encontros individuais de aconselhamento, envolvendo diversos temas sobre gestação, parto, puerpério, desenvolvimento inicial do bebê, apoio social e o tratamento para HIV/Aids da gestante e do bebê. Quanto às estratégias de enfrentamento, os resultados corroboraram a hipótese inicial, ao revelar aumento significativo nos fatores Foco no Problema e Busca de Apoio Social e diminuição no fator Foco na Emoção. Análise de covariância revelou uma interação entre o tempo de diagnóstico e as diferenças entre as médias do fator Foco no Problema e uma interação entre a escolaridade e o Foco na Emoção, indicando que, quanto maior o tempo de diagnóstico e menor a escolaridade, maior foi o efeito da intervenção. Quanto à qualidade de vida, os resultados apoiaram parcialmente a hipótese inicial, ao revelarem um aumento significativo nos domínios Psicológico, Ambiente e Qualidade de Vida Geral, porém não houve o aumento esperado no domínio Relações Sociais. Análise de covariância revelou uma interação entre tempo de diagnóstico e o efeito da intervenção para o Domínio Ambiente indicando que quanto menor o tempo de diagnóstico maior foi o efeito da intervenção. Análise de conteúdo qualitativa das respostas à entrevista de avaliação da intervenção, com estrutura de categorias definida a partir das escalas utilizadas, também endossaram a importância da intervenção para as estratégias de enfrentamento e a qualidade de vida das gestantes. Juntos, os resultados indicam que, de modo geral, a intervenção apresentou contribuições importantes para as gestantes, embora o tempo de diagnóstico e uma maior ênfase em aspectos de relações sociais e apoio social devam ser considerados em futuras intervenções.
Abstract The aim of the study was to investigate the contributions of a psycho-educational intervention to coping strategies and quality of life among pregnant women living with HIV/Aids. Twenty pregnant women, aged between 20 and 40 years (M=29,9; SD=5,7), participated in the study. They were at least with 24 weeks of pregnancy, and got pregnant after knowing about their own seropositivity. We conducted a quasi-experimental study, with pre and post-test, investigating the contributions of the intervention through a coping strategies scale, a quality of life scale, and an interview on intervention evaluation. The intervention was composed by five counseling sessions on pregnancy, delivery, post-partum situations, early development of the baby, social support and treatment of pregnant women and babies. Considering coping strategies, findings confirmed the initial hypothesis, showing significant increasing in scores of Focus on Problem and Search for Social Support, and decreasing of Focus on Emotion. Covariance analysis showed interaction between time since diagnostics and the differences between means of Focus on Problem, and between school level and Focus on Emotion, indicating that the higher was time since diagnosis among pregnant women, and the lower was the school level, the better was the effect of intervention. Considering the quality of life, findings partially confirmed the initial hypothesis, showing significant increasing in scores of the domains: Psychological, Environmental, and General Quality of Life, without showing the expected increasing on Social Relations Domain. Covariance analysis showed interaction between time since diagnostics and the effect for Environmental Domain, indicating that the lower was time since diagnosis, the better was the effect of the intervention. Qualitative Contend Analysis of the answers to the interview evaluation used a structure of categories based on the scales, and also highlighted the importance of the intervention to coping strategies and to quality of life for pregnant women. Together, these findings show that the intervention represented an important contribution to pregnant women, although time since diagnosis, social relations and social support should be considered in future investigations.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17212
Arquivos Descrição Formato
000707695.pdf (538.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.