Repositório Digital

A- A A+

Estudo de modelo de ambiente de realidade virtual aplicado ao ensino da graduação em cirurgia

.

Estudo de modelo de ambiente de realidade virtual aplicado ao ensino da graduação em cirurgia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo de modelo de ambiente de realidade virtual aplicado ao ensino da graduação em cirurgia
Autor Reis, Rosilene Jara
Orientador Macedo Neto, Amarilio Vieira de
Co-orientador Behar, Patrícia Alejandra
Pinho, Márcio Sarroglia
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Cirurgia
Ensino
Tecnologia biomédica
[en] Medical students
[en] Teaching
[en] Virtual systems
Resumo A educação médica tem passado por expressivas modificações através dos anos. Até meados do século XIX, a medicina acadêmica baseava-se na observação dos fatos; a partir deles, concluía-se o tratamento possível. Contemporaneamente, o ensino da Medicina envolve uma busca constante de novos métodos para acomodar novas exigências. Paralelamente a essa busca, enfrenta na evolução tecnológica um de seus maiores desafios. Na cirurgia, por exemplo, o advento das técnicas laparoscópicas gerou a necessidade de habilidades muito diferentes daquelas empregadas nas cirurgias convencionais, sendo que o treinamento de cirurgiões depende cada vez mais de ambientes de simulação. Uma destas ferramentas que permite estas simulações é a Realidade Virtual (RV). Considerando esse contexto, os objetivos deste trabalho foram desenvolver um ambiente de RV para o ensino de cirurgia em nível de graduação, refletir sobre o impacto desse tipo de ferramenta na educação desses alunos e refletir sobre a viabilidade de estabelecer um programa de pós-graduação focado no desenvolvimento de ambientes de RV aplicáveis à Medicina. Para tanto, formou-se uma equipe multidisciplinar que desenvolveu um ambiente RV pré-, trans- e pós-cirúrgico. O ambiente permite que alunos que nunca tiveram contato com um bloco cirúrgico executem diversas tarefas ligadas à realização de uma toracotomia e aprendam regras e rotinas vigentes no bloco. Uma avaliação preliminar com 15 estudantes de medicina e 12 profissionais (cinco médicos, cincos cientistas da computação e dois educadores) mostrou que ambos os grupos consideraram a experiência virtual global como satisfatória ou muito satisfatória (escores de 7 a 9 em um escala de 10 pontos). O ambiente de RV desenvolvido neste estudo servirá de base para outras aplicações, por exemplo, para acoplar outros módulos cirúrgicos em substituição à toracotomia. Além disso, o sistema pode ser adaptado para treinamento de outros públicos-alvo, tais como enfermeiros ou estudantes de enfermagem, auxiliares de enfermagem e outros. Apesar das complexidades inerentes ao desenvolvimento de ferramentas de RV, a necessidade inegável de fornecer aos estudantes mais oportunidades de treinamento, o inexorável crescimento da tecnologia dentro da medicina e a importância de integrar esses aspectos às oportunidades de fazer educação permitem que se conclua que o projeto teve sucesso. A linha de pesquisa estabelecida a partir deste trabalho é extremamente promissora.
Abstract Medical education has undergone major changes along the years. Until the mid 19th-century, academic medicine was based on the observation of facts; possible treatments were derived from this observation. Currently, the teaching of Medicine involves the continuous search for new methods to accommodate novel requirements. Parallel to this search, one of the biggest challenges for the teaching of Medicine is the evolution of technology. In surgery, for example, the advent of laparoscopic techniques has translated into the need for abilities that are quite different than those applied in conventional procedures, and the training of surgeons has relied increasingly more on simulations environments. One of the tools that allow these simulations is Virtual Reality (VR). Considering this context, the objectives of the present work were to develop a VR environment for the teaching of surgery at the undergraduate level, to reflect on the impact of this type of tool for the education of medical students and to consider the feasibility of establishing a graduate program focused on the development VR environments applicable to Medicine. For that, a multidisciplinary team was formed, and a pre, trans, and postsurgical VR environment was developed. This environment allows students who have never been in contact with a surgical unit to complete various tasks relating to the performance of a thoracotomy and to learn about the rules and routines associated with a surgical unit. A preliminary assessment with 15 medical students and 12 professionals (five physicians, five computer scientists, and two education specialists) showed that both these groups considered the overall virtual experience as satisfactory or very satisfactory (scores 7-9 in a 10-point scale). The VR environment developed in this study will serve as a basis for other applications, such as additional surgical modules to replace the thoracotomy module. The environment may also be adapted for the training of other target publics, such as nurses or nursing students, nursing assistants or others. Despite the complexities associated with the development of VR tools, the undeniable need to provide students with more opportunities for training, the inexorable ingrowth of technology into medicine, and the importance of integrating all this into an opportunity for education, lead to the conclusion that this project was successful and that the research line established with the present work is extremely promising.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17220
Arquivos Descrição Formato
000710555.pdf (1.909Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.