Repositório Digital

A- A A+

Gênero e sexualidade na imigração polonesa : pensando a construção de subjetividades entre as décadas de 1930-1950

.

Gênero e sexualidade na imigração polonesa : pensando a construção de subjetividades entre as décadas de 1930-1950

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Gênero e sexualidade na imigração polonesa : pensando a construção de subjetividades entre as décadas de 1930-1950
Autor Czapla, Paloma Almada
Orientador Weber, Regina
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Estudos de gênero
Imigração polonesa
Sexualidade
Subjetividade
[en] Family
[en] Gender
[en] Polish immigration
[en] Sexuality
[en] Subjectivity
Resumo A presente pesquisa busca analisar os modos de construção da subjetividade em uma comunidade de imigração polonesa entre as décadas de 1930-1950, período em que as fontes demonstram uma mudança entre os valores e modos de ser da primeira geração de imigrantes e as gerações posteriores. O objetivo é entender de que maneira a família era uma instituição produtora e legitimadora de padrões normativos que influenciavam na maneira como os indivíduos se relacionavam, na sua sexualidade e nos padrões de gênero. Além disso, também se pretende pensar sobre como os sujeitos vivenciavam esses padrões e se constituíam para além do controle familiar, do código moral e da dominação masculina. Com isso, a pesquisa procura enfocar as estratégias de subversão cotidianas, os pontos de atrito nas relações de poder, os enfrentamentos travados pelos indivíduos e as múltiplas subjetividades construídas mesmo em uma comunidade onde havia uma grande rigidez moral e onde o exercício de controle e vigilância era constante. A comunidade corresponde hoje ao município de Barão de Cotegipe, que se localiza no noroeste do Rio Grande do Sul e recebeu os nomes de Floresta enquanto povoado (1911-1939) e Cotegipe enquanto distrito (1939-1964). A fim de atingir os objetivos propostos, a pesquisa se baseou em processos-crime localizados no Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul e em entrevistas realizadas com imigrantes e descendentes de poloneses das cidades de Barão de Cotegipe e Erechim.
Abstract The present research aims to analyze the ways of constructing subjectivity in a Polish immigration community between the 1930s and 1950s, a period when the sources show a change between the values and ways of being of the first generation of immigrants and later generations. The purpose is to understand how the family was an institution that produced and legitimized normative standards that influenced the way individuals established relationships with each other, their sexuality and gender patterns. In addition, the research intends to explore how the subjects experienced these standards and were constituted beyond the familiar control, the moral code and the masculine domination. Thus, the research tries to focus on daily subversion strategies, the points of friction in power relations, the confrontations between individuals and the multiple subjectivities built even in a community where there was great moral rigidity and where the exercise of control and vigilance was continuous. The community today corresponds to the city of Barão de Cotegipe, which is located in the northwest of Rio Grande do Sul and received the names of Floresta as village (1911-1939) and Cotegipe as district (1939-1964). In order to reach the proposed objectives, the research was based on criminal cases located in the Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul and interviews with immigrants and descendants of Poles from the cities of Barão de Cotegipe and Erechim.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/173703
Arquivos Descrição Formato
001061647.pdf (586.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.