Repositório Digital

A- A A+

"Degradando-se á infâmia do adultério e do meretrício" : a infidelidade feminina nos desquites litigiosos (Porto Alegre, 1917-1922)

.

"Degradando-se á infâmia do adultério e do meretrício" : a infidelidade feminina nos desquites litigiosos (Porto Alegre, 1917-1922)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título "Degradando-se á infâmia do adultério e do meretrício" : a infidelidade feminina nos desquites litigiosos (Porto Alegre, 1917-1922)
Autor Cardoso, Marília Blanco
Orientador Méndez, Natalia Pietra
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Adulterio
Desquite
Gênero
Masculinidade
Prostituição
[en] Adultery
[en] Divorce
[en] Gender
[en] Masculinity
[en] Prostitution
[en] Separation
Resumo Tendo em vista elementos dos padrões de desigualdade entre homens e mulheres durante a Primeira República, à luz dos estudos de gênero, este trabalho voltou-se à análise das acusações de infidelidade feminina em processos de desquite registrados na comarca de Porto Alegre entre 1917 e 1922. Considerando que o matrimônio civil operou como uma instituição elementar à sociedade republicana em desenvolvimento, os conflitos conjugais registrados nas ações de desquite resguardam, nos depoimentos que compuseram o litígio, indícios de que as normativas reguladoras de gênero se (re)construíram, também, no cotidiano do judiciário e dos conflitos íntimos. Investigando as definições de adultério e prostituição atribuídas às mulheres acusadas, interessa-nos analisar qual a relação que se estabelece entre essas categorias nos processos de desquite estudados nesta pesquisa.
Abstract Considering the inequality standards between men and women during the First Brazilian Republic, in light of gender studies, this work analyzed female infidelity accusations in divorce processes registered in the Porto Alegre county between 1917 and 1922. Bearing in mind that the civil matrimony operated as an elementary institution during the developing republican society, marital conflicts registered in divorce actions keep, in their testimonies, evidence that the gender regulations norms (re)constructed themselves into the judiciary routine, as well into regular intimate conflicts. Investigating the adultery and prostitution definitions attributed to the accused women, there is great interest in analyzing which relations arise from these categories in the divorce processes studies in this research.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/173739
Arquivos Descrição Formato
001061575.pdf (430.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.