Repositório Digital

A- A A+

A fazenda do arado : conflito ambiental e ruralidade contemporânea na Zona Sul de Porto Alegre

.

A fazenda do arado : conflito ambiental e ruralidade contemporânea na Zona Sul de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A fazenda do arado : conflito ambiental e ruralidade contemporânea na Zona Sul de Porto Alegre
Autor Winckler, Joana de Oliveira
Orientador Fleury, Lorena Cândido
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Conflito ambiental
Meio ambiente
Porto Alegre (RS)
Rio Grande do Sul
Ruralidade contemporânea
Sociologia
[en] Contemporary Rurality
[en] Environmental Conflict
[en] Sociology
Resumo Este trabalho é um estudo sociológico sobre a disputa em torno da construção de um empreendimento urbanístico no território da Fazenda do Arado, localizada no Extremo-Sul do município de Porto Alegre, RS. Considera-se que esse conflito ambiental, ao mobilizar atores sociais com diferentes projetos de uso e significação quanto ao território em disputa, evidencia entendimentos conflitantes acerca do rural e do ambiente, perpassando questões de dimensão material e simbólica. A partir de procedimentos metodológicos qualitativos e referenciais teóricos da Sociologia Ambiental e Rural, essa pesquisa articula o conceito de conflito ambiental com o debate sobre a ruralidade contemporânea, entendendo que esta se expressa nas identidades sociais que emergem nas relações conflituosas resultante das disputas simbólicas e interesses distintos sobre territórios.
Abstract This work is a sociological study about the dispute over the construction of a gated community in the territory of Fazenda do Arado, located in the extreme south of the city of Porto Alegre, RS. It is considered that this environmental conflict, when mobilizing social actors with different projects of use and significance regarding the territory in dispute, shows conflicting understandings about the rural and the environment, crossing issues of a material and symbolic dimension. Based on qualitative methodological procedures and theoretical references of Environmental and Rural Sociology, this research articulates the concept of environmental conflict with the debate on contemporary rurality, understanding that it is expressed in the social identities that emerge in the conflictual relationships resulting from the symbolic disputes and distinct interests over territories.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/173830
Arquivos Descrição Formato
001061473.pdf (2.746Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.