Repositório Digital

A- A A+

Proposta de um modelo para a avaliação e ações de melhoria na gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

.

Proposta de um modelo para a avaliação e ações de melhoria na gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Proposta de um modelo para a avaliação e ações de melhoria na gestão da Segurança e Saúde no Trabalho
Autor Franz, Luís Antonio dos Santos
Orientador Amaral, Fernando Goncalves
Co-orientador Arezes, Pedro Miguel Ferreira Martins
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Gestão
Saúde do trabalhador
Segurança do trabalho
Seis Sigma
[en] Maturity evaluation
[en] Occupational health and safety (OHS)
[en] Six sigma
Resumo Esta tese contempla a avaliação de maturidade, a metodologia Seis Sigma e a gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SST). Teve-se como objetivo geral propor e desenvolver um modelo para a avaliação e ações de melhoria na gestão da SST, sustentando-se nos conceitos provenientes essencialmente da avaliação de maturidade e da metodologia Seis Sigma. Este objetivo foi alcançado por meio de atividades de levantamento, análise e classificação do referencial bibliográfico pertinente; aplicação de um survey; construção de um modelo tendo em conta os resultados do survey e a base teórica analisada; entrevistas complementadas pela decorrente análise de conteúdo. Como resultados do levantamento bibliográfico, verificou-se uma predominância de técnicas com foco em ações pontuais quando se pretende buscar melhorias na área. Em termos de avaliação de maturidade, identificou-se que predomina ainda a concepção de modelos com cinco níveis de maturidade, que os modelos são normalmente estruturados por meio de grades de maturidade, e ainda, que são pouco freqüentes as aplicações para fins de avaliação na área de SST. Mostrou-se relevante o uso de características organizacionais como, por exemplo, a existência de serviços internos de SST e de certificações na área, setor de atividade econômica ou quantidade de subcontratados, para diferenciar cada unidade organizacional quanto a sua dificuldade em mudar o nível de desempenho na gestão da SST. Isso auxilia na avaliação e tratamento diferenciado dos problemas ou oportunidades, principalmente no que tange às práticas de gestão. Também, comprovou-se junto aos responsáveis pela gestão da SST em empresas de referência, que o modelo proposto e disponibilizável por meio da internet, é exeqüível e de fácil aceitabilidade. Além disso, ele poder ser utilizado remotamente, apresenta simplicidade de uso, interface amigável e a possibilidade de comparar empresas semelhantes, sem fornecer dados de acidentes ou doenças ocupacionais, ou ainda informações que identifiquem claramente a unidade organizacional.
Abstract This thesis addresses the Maturity Evaluation, the Six Sigma methodology and the Occupational Health and Safety (OHS) Management system. The main goal of this thesis was to develop a model for the assessment of the OHS management system and corresponding improvement actions, sustained by concepts derived mainly from the Maturity Evaluation process and Six Sigma methodology. This goal was achieved through the review, analysis and classification of the relevant bibliographic references on the specific topics, the implementation of a survey and the construction of a model in view of the results of the survey, of the reviewed theoretical framework and of the interviews complemented by the corresponding content analysis. As a result of the literature review, it was possible to verify that there is a predominance of techniques focused on specific and isolated actions, aiming to implement some improvements in the area. In what concerns the Maturity Evaluation, it was identified that there is a predominance of models based on five maturity levels, that these models are typically structured by maturity grids, as well as that OHS maturity evaluation models are scarce. Some organizational characteristics, such as the existence of OHS internal services, existent management systems certifications, the activity sector or the quantity of subcontracted employees, have come to play a relevant role in distinguishing the organisational unit and the corresponding effort needed to change their performance level regarding the OSH management system. The identification of this organisational profile will aid in the differential evaluation and treatment of the problems or opportunities regarding management practices in particular. Taking into consideration the opinion of OHS managers from some reference companies, it was also demonstrated that the proposed model, which is available online, is feasible and easily acceptable. Furthermore, the model, which can be used at a distance, is easy to use, has a user-friendly interface and allows for the comparison of similar companies without needing to provide details regarding company records on accidents, professional diseases or other information that clearly identifies the organisational unit.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17490
Arquivos Descrição Formato
000716801.pdf (1.877Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.