Repositório Digital

A- A A+

Estratégias de humanização do cuidado em saúde mental : cartografando as intervenções de apoiadores institucionais

.

Estratégias de humanização do cuidado em saúde mental : cartografando as intervenções de apoiadores institucionais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégias de humanização do cuidado em saúde mental : cartografando as intervenções de apoiadores institucionais
Autor Mello,Vania Roseli Correa de
Orientador Paulon, Simone Mainieri
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Humanização da assistência
Políticas públicas de saúde
Reforma psiquiátrica : Brasil
Saúde mental : Brasil
Sistema Único de Saúde.
[en] Care
[en] Humanizing
[en] Mental health
[en] Psychiatric reform
Resumo Esta pesquisa se propôs a estabelecer possíveis conexões entre dois campos da saúde coletiva: a saúde mental, na perspectiva da Reforma Psiquiátrica, e a Política Nacional de Humanização (PNH). Seu objeto foi a humanização do cuidado em saúde mental, expresso nas intervenções realizadas a partir do processo de formação de Apoiadores Institucionais, do Curso de Especialização em Humanização da Atenção e Gestão do SUS, realizado entre 2007 e 2008, no Rio Grande do Sul. Dos 64 trabalhos monográficos de conclusão do curso, foram selecionados os 11 planos de intervenção desenvolvidos no campo da saúde mental. A proposta delineou-se no sentido de apontar para a construção de aproximações e laços - 'pontes', como metaforicamente serão referidas, ao longo da pesquisa - entre estas duas políticas públicas de saúde, de modo a contribuir para a qualificação das práticas humanizadas de cuidado em saúde mental. O trabalho percorreu as linhas teóricas da saúde coletiva, da Reforma Psiquiátrica e da PNH. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo, que utilizou a cartografia como estratégia metodológica. Da leitura dos trabalhos de conclusão, aliada às observações decorrentes da participação da pesquisadora, como apoiadora pedagógica do curso, emergiram os principais conceitos operadores, que subsidiaram a análise dos resultados: grupalidade, protagonismo e transversalidade. Tal percurso de investigação indicou, ao final, que os dispositivos ofertados pela PNH mostram-se potentes e afinados à perspectiva do cuidado em Saúde Mental, defendidos pela Reforma Psiquiátrica brasileira, assim como sua estratégia de formação-intervenção mostrou-se fundamental na construção de 'pontes', que viabilizem a diminuição do abismo existente entre os processos de formação da academia e as necessidades dos serviços de saúde e, conseqüentemente, respondam, de modo mais incisivo, às necessidades de saúde das comunidades a que se destinam.
Abstract This study intended to establish the possible connections between two fields in collective health: mental health, from the perspective of Brazil's Psychiatric Reform, and the National Humanizing Policy (Política Nacional de Humanização, PNH). It was aimed at humanizing mental health care through interventions carried out within the process of training Institutional Aid Workers in the specialization course Humanizing Attention and Management at the Unified Health System in 2007-2008, in the state of Rio Grande do Sul. Eleven intervention plans developed in the field of mental health were selected out of the 64 monographic term works. The proposal pointed to building approximations and bonds - "bridges", as they are metaphorically referred to along the study - between those two public health policies so as to contribute to improve humanized practices in mental health care. The work developed along the theoretical lines of collective health, Psychiatric Reform, and PNH. It is a qualitative research study that used cartography as its methodological strategy. From the reading of term works, together with observations resulting from the researcher's participation as the course's pedagogical advisor, core operating concepts emerged that supported the analysis of the results: groupness, protagonism, and transversality. Such investigative direction eventually pointed that the devices provided by PNH show to be potent and aligned with the perspective of care in Mental Health, advocated by Brazil's Psychiatric Reform, just as its trainingintervention strategy showed to be crucial in building "bridges" that allow reducing the huge gap between academic training processes and the needs of health services. Therefore, they respond more sharply to the needs of the communities they are aimed at.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17608
Arquivos Descrição Formato
000720232.pdf (7.206Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.