Repositório Digital

A- A A+

Construção da leitura/escrita em língua de sinais de crianças surdas em ambientes digitais

.

Construção da leitura/escrita em língua de sinais de crianças surdas em ambientes digitais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Construção da leitura/escrita em língua de sinais de crianças surdas em ambientes digitais
Autor Barth, Creice
Orientador Santarosa, Lucila Maria Costi
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Deficiência
Informática na educação
Surdo
[es] Ambientes informatizados
[es] Educación de sordos
[es] Escrita de la lengua de señales
[es] Proceso de aquisicion de la escrita/lectura
Resumo Este trabalho insere-se na linha de pesquisa em Informática na Educação Especial do Programa de Pós-Graduação em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Este estudo teve como objetivos observar os processos e estratégias que crianças surdas utilizam para construção da escrita/leitura na língua de sinais, assim como analisar a partir de que momento a criança surda começa a interpretar a sua escrita em língua de sinais e, por fim, verificar quais os benefícios que as crianças surdas desenvolvem ao interagirem com seus pares na construção desta escrita mediadas em ambientes digitais. Os estudos de Ferreiro e Teberosky (1999),Vygotsky (2001 e 2003), Luria (1991) entre outros autores foram utilizados como aportes teóricos para o desenvolvimento desta investigação. Esta pesquisa foi realizada na Escola Especial de Ensino Fundamental Frei Pacífico da cidade de Porto Alegre, durante alguns meses dos anos de 2007 e 2008, com quatro crianças surdas de 1ª e 2ª séries e uma turma de 2ª. série especial. Esta pesquisa desenvolveu-se através de um estudo de caso e a busca de dados foi realizada através de observações das interações gravadas em vídeos. Durante este processo foi refletido sobre como se apresenta a psicogênese da escrita da língua de sinais no sistema SignWriting, seguindo os pressupostos sócio-históricos no que diz respeito ao processo e às interações mediadas por pares em ambientes digitais. Os achados da pesquisa apontam para o processo pelo qual as crianças desta pesquisa passaram até se apropriarem da escrita da língua de sinais com significado pelo sistema SignWriting, assim como na aprendizagem na interação com o outro, embora nem todos tenham percorrido o mesmo processo das categorias evidenciadas. As contribuições desta pesquisa apontam para a necessidade de modificar o olhar sobre as práticas pedagógicas no que diz respeito à alfabetização de crianças surdas, ainda em português tendo como aporte estudos teóricos sobre a psicogênese da língua escrita tal qual como se processa em crianças ouvintes. Visto isto, podemos considerar as diferenças relevantes ressaltadas nestas investigações respeitando a relação sujeito - língua natural - processo de construção da escrita desta língua.
Resumen Esta investigación se insere en la linea de investigacion de Informática en la Educación Especial del Programa de Pós - Grado en Educación por la Universidad Federal do Rio Grande do Sul. Este estudio tuvo como objetivos observar los procesos y estratégias que los niños sordos utilizam para la construcción de la escrita/lectura en escrita de sinais, assim como analisar apartir de que momento el niño sordo empieza a interpretar su escrita en la lengua de señales y, por fin, verificar cuales los benefícios que los niños sordos desarrollan en la interacción con sus pares en la adquisición de esta escrita. Los estúdios de Ferreiro y Teberosky (1999), Vygotsky (2001 y 2003), Luria (1991) entre otros autores fueron utilizados como aportes teóricos para el desarrollo de esta investigacion. Esta investigacion fue realizada en la Escuela Especial de Ensino Fundamental Frei Pacifico de la ciudad de Porto Alegre, durante algunos meses de los años 2007 y 2008, con cuatro niños de 1º y 2º años y uma clase especial. Este investigacion se desarrollo através de un estúdio de caso y la coleta de datos fue realizada através de observaciones de la interacciones gravadas em vídeos. Durante este proceso fue refletido sobre como se presenta a pscicogenese de la lengua escrita en el sistema de escrita de la lengua de señales en el sistema Sign Writing, seguindos los presupuestos sócio-historico no que diz al respecto del proceso y las interacciones mediadas por pares y por herramientas pedagógicas (ambientes informatizados). Los achados de la investigacion apuntan para el proceso que los niños de esta investigacion pasaram hasta se apropiar de la escrita de la lengua de senãles con significado por el sistema SignWriting, asi como en el aprendizaje en la interaccion con el otro, apesar de que no todos hayan recorrido el mismo proceso de las categorias evidenciadas. Las contribuciones de esta investigacion apuntan para la necesidad de modificar la posicion sobre las practicas pedagógicas en lo que diz respeito a la alfabetizacion de niños sordos, ainda em português teniendo como aporte estúdios teóricos sobre la psicogênese de la lengua escrita tal cual como se procesa en niños que oyen. Visto esto, podemos considerar las diferencias relevantes resaltadas en estas investigaciones respetando sujeto-lengua natural-proceso de aquisición de la escrita de esta lengua.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17610
Arquivos Descrição Formato
000721258.pdf (8.055Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.