Repositório Digital

A- A A+

Os mecanismos da memória na construção do pensamento musical

.

Os mecanismos da memória na construção do pensamento musical

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os mecanismos da memória na construção do pensamento musical
Autor Rizzon, Flávia Garcia
Orientador Beyer, Esther Sulzbacher Wondracek
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Educação musical
Epistemologia genética
[es] Epistemología genética
[es] Memoria
[es] Música
Resumo O presente trabalho pesquisa sobre a construção da memória musical com embasamento na Epistemologia Genética de Jean Piaget. A fundamentação teórica está estruturada sobre a explicação dos diversos fatores intervenientes na construção da memória. A partir deles, destacam-se as relações existentes entre a memória, a representação e as imagens mentais, especificamente as imagens aurais. Aborda-se o funcionamento da memória mostrando seus aspectos fisiológicos, os tipos de memória e o conceito de memória segundo a teoria de Piaget. Alguns estudos na área da música que apontam relação com memória e desenvolvimento são descritos por evidenciarem a memória no desenvolvimento musical. Com base na idéia de que a prática musical gera aprendizagem e que a memória musical é transformada pelas aprendizagens através de organizações progressivas, diferentes concepções de aprendizagem estão descritas a fim de constatar os distintos tratamentos das posições teóricas em questões sobre a memória. A fim de demonstrar que as idéias de Piaget acerca do desenvolvimento mental estão em sintonia com as recentes pesquisas realizadas na área científica, aborda-se a memória e a aprendizagem na relação entre a Epistemologia Genética e as neurociências. Com o objetivo de acompanhar a construção da memória musical de um sujeito, identificando as fases dessa construção, a pesquisa descritiva, de cunho qualitativo, se desenvolveu através de um estudo de caso longitudinal. A análise de dados ocorreu através da audição e posterior transcrição de gravações selecionadas do sujeito cantando no período entre os dois e seis anos de vida. Na análise foram identificados subsídios para compreender as inter-relações existentes nas condutas musicais do sujeito em relação à construção da memória musical. Os resultados evidenciaram que algumas canções ou efeitos sonoros experienciados pelo sujeito contém aspectos que intervém na lembrança de outras canções; a letra da canção apresenta um papel importante como elemento significador da canção; a aprendizagem das canções vai apresentando melhora significativa e melhor lembrança à medida que o sujeito vai conquistando maior qualidade nas relações que consegue fazer. Conclui-se que a memória musical consiste num processo dinâmico que evolui por organizações progressivas determinadas pela estruturação da inteligência.
Resumen El presente trabajo investiga sobre la construcción de la memoria musical basándose en la Epistemología Genética de Jean Piaget. La fundamentación teórica está estructurada sobre la explicación de los diversos factores intervinientes en la construcción de la memoria. A partir de ellos, se destacan las relaciones existentes entre la memoria, la representación y las imágenes mentales, específicamente las imágenes aurales. Se aborda el funcionamiento de la memoria mostrando sus aspectos fisiológicos, los tipos de memoria y el concepto de memoria según la teoría de Piaget. Algunos estudios en el área de la música que apuntan relación con memoria y desenvolvimiento son descriptos por evidenciaren la memoria en el desenvolvimiento musical. Con base en la idea de que la práctica musical genera aprendizaje y que la memoria musical es transformada por los aprendizajes a través de organizaciones progresivas, diferentes concepciones de aprendizaje están descriptas a fin de constatar los distintos tratamientos de las posiciones teóricas en cuestiones sobre la memoria. A fin de demostrar que las ideas de Piaget acerca del desenvolvimiento mental están en sintonía con las recientes investigaciones realizadas en el área científica, se aborda la memoria y el aprendizaje en la relación entre la Epistemología Genética y las neurociencias. Con el objetivo de acompañar la construcción de la memoria musical de un sujeto, identificando las fases de esa construcción, la pesquisa descriptiva, de cuño calitativo, se desarrolló a través de un estudio de caso longitudinal. El análisis de datos ocurrió a través de la audición y posterior transcripción de grabaciones seleccionadas del sujeto cantando en el período entre los dos y seis años de vida. En el análisis fueron identificados subsidios para comprender las interrelaciones existentes en las conductas musicales del sujeto en relación a la construcción de la memoria musical. Los resultados evidenciaron que algunas canciones o efectos sonoros experienciados por el sujeto contienen aspectos que intervienen en el recuerdo de otras canciones; la letra de la canción presenta un papel importante como elemento significador de la canción; el aprendizaje de las canciones va presentando mejora significativa y mejor recuerdo a medida que el sujeto va conquistando mayor calidad en las relaciones que consigue hacer. Se concluye que la memoria musical se consiste en un proceso dinámico que evoluye por organizaciones progresivas determinadas por la estructuración de la inteligencia.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17613
Arquivos Descrição Formato
000721309.pdf (791.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.