Repositório Digital

A- A A+

Entre história e literatura : a formação do panteão rio-grandense e os primórdios da escrita da história do Rio Grande do Sul no século XIX

.

Entre história e literatura : a formação do panteão rio-grandense e os primórdios da escrita da história do Rio Grande do Sul no século XIX

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Entre história e literatura : a formação do panteão rio-grandense e os primórdios da escrita da história do Rio Grande do Sul no século XIX
Autor Boeira, Luciana Fernandes
Orientador Cezar, Temistocles Americo Correa
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto História do Rio Grande do Sul
História e literatura
Historiografia
Literatura sul-rio-grandense
Revistas
Rio Grande do Sul
Resumo O presente estudo reflete sobre a relação entre a história e a literatura no Rio Grande do Sul da segunda metade do século XIX, em um período onde ainda não havia uma clara distinção entre os campos literário e histórico. Nesse espaço, se deu um trabalho de construção da figura do homem sulino como grande herói ou grande homem nacional, ao mesmo tempo em que se promovia a inserção dessa figura nas páginas que narravam a história da nação. Era a construção, por parte de um grupo de letrados da Província de São Pedro, do registro da história rio-grandense em relação à nação e, por assim dizer, dentro da nação, de forma a acreditarem esses homens estarem contribuindo, através do próprio ato de historiar, para a formação do tipo nacional. O trabalho se preocupa em apresentar o espaço de atuação das sociedades literárias e dos literatos rio-grandenses do período por meio do estudo de três revistas literárias: a Revista do Instituto Historico e Geographico da Provincia de São Pedro (IHGPSP), publicada entre 1860 e 1863, a Revista do Parthenon Litterario, publicada entre 1869 e 1879 e a Revista Murmurios do Guahyba, que circulou de janeiro a junho de 1870. A pesquisa procura discutir acerca da constituição da escrita da história e da construção do panteão de heróis e homens ilustres sulinos, bem como tratar sobre a constituição da idéia de nação brasileira e região rio-grandense nos periódicos literários em questão. Acompanhando os caminhos que levaram à consolidação de um tipo de escrita da história marcado pelo exempla no Rio Grande do Sul, também se busca debater acerca da colaboração dessas escritas do IHGPSP, Partenon e Revista Murmurios para a construção de uma idéia de Brasil que fazia parte dos interesses das elites dominantes no cenário nacional da segunda metade do XIX. Ao mesmo tempo, forjava-se a história da pequena pátria rio-grandense, porque se explicar para o Brasil era também se auto-explicar.
Abstract The aim of this dissertation is to study the connection between history and literature in Rio Grande do Sul in the second half of the 19th century, in a certain period where there wasn't yet a clear distinction between historical and literary fields. Here, the figure of the southern man was built - as a great hero or a great, national man; at the same time where the integration of this figure in the pages that were reporting nation's history, was promoted. I intend to understand how was built, by a group of literate from the Province of São Pedro, the Riograndense history records related to the nation, and so to speak, within the nation, in a way that was promoted a belief among those men of being contributing, through their own act of historize, to the national type development. This work, also, worries in presenting well the space of expertise from literary societies and the Riograndenses literati over the period, through studies from three literary magazines: Revista do Instituto Historico e Geographico da Provincia de São Pedro (IHGPSP), published within 1860 and 1863, Revista do Parthenon Litterario, published within 1869 and 1879 and Revista Murmurios do Guayba that was issued from January to June, 1870. The research follows the ways which led to the consolidation of a writing type of the history, sealed for the exempla in Rio Grande do Sul and also aims to debate concerning the collaboration from these writings from IHGPSP, Partenon and Revista Murmurios to build an idea of Brazil that was part of the dominating elite's interests in the national scenery, in the second half of the 19th century. At the same time, the history from the small Riograndense country was forged because, giving explanation to Brazil was, either, giving self-explanation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17662
Arquivos Descrição Formato
000721014.pdf (1.207Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.