Repositório Digital

A- A A+

Diversidade de borboletas frugívoras (Lepidoptera: Nymphalidade [i. e. Nymphalidae]) e avaliação do uso de armadilhas atrativas associadas à marcação e recaptura em ambientes de Mata Atlântica, Maquiné, RS, Brasil

.

Diversidade de borboletas frugívoras (Lepidoptera: Nymphalidade [i. e. Nymphalidae]) e avaliação do uso de armadilhas atrativas associadas à marcação e recaptura em ambientes de Mata Atlântica, Maquiné, RS, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diversidade de borboletas frugívoras (Lepidoptera: Nymphalidade [i. e. Nymphalidae]) e avaliação do uso de armadilhas atrativas associadas à marcação e recaptura em ambientes de Mata Atlântica, Maquiné, RS, Brasil
Autor Teixeira, Melissa Oliveira
Orientador Romanowsky, Helena Piccoli
Co-orientador Perico, Eduardo
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal.
Assunto Borboletas
Diversidade animal
Lepidoptera
Maquiné (RS)
Mata Atlântica
Nymphalidae
[en] Baited traps
[en] Conservation
[en] Dominance
[en] Hamadryas epinome
Resumo O presente trabalho objetivou inventariar borboletas frugívoras através de armadilhas atrativas, método para o qual não se tem registro do uso estandartizado no Rio Grande do Sul. Foram realizadas saídas a campo no Vale do Rio Maquine (29º35’S 50º16’W GR) RS, Brasil, de dezembro/2006 a abril/2007. Duas trilhas foram amostradas: mata em estágio intermediário de regeneração (MI) e mata preservada (MP). Foram calculados estimadores analíticos de riqueza, índices de diversidade, dominância e similaridade. Foram amostrados 684 indivíduos (N) em 34 espécies (S) (MI: S=27 e N=429 e MP: S=25 e N=255). Os estimadores de riqueza indicaram que 70-80% da fauna foi amostrada. Mais de 70% dos indivíduos pertencem a apenas cinco espécies, revelando a alta dominância. Hamadryas epinome (C. Felder & R. Felder, 1867) foi a espécie mais abundante, com dominância acentuada em MI. Mais de 50% das espécies foram compartilhadas. Índices de similaridade (Jaccard = 053 e Morisita = 0,85) indicam semelhança entre trilhas. Comparando os resultados com inventário realizado com rede entomológica, concomitantemente e nas mesmas áreas, obteve-se abundância e riqueza bastante superior em relação a guilda de frugívoras capturada com armadilhas, ressaltando a importância do uso de armadilhas para o real conhecimento desta guilda. Houve associação significativa entre método de captura e abundância das subfamílias (P < 0,001). Entre as quatro espécies mais abundantes, 21 a 59%, dos indivíduos foram recapturados pelo menos uma vez. Dados sobre longevidade foram surpreendentes, indicando sobrevivência além do esperado e conhecido para borboletas frugívoras neotropicais: por ex., H epinome, apresentou longevidade registrada de 128 e 129 dias (máximo registrável no período de estudo). Catoblepia amphirhoe (Hübner, [1825]), Penetes pamphanis Doubleday, [1849], Caligo brasiliensis (C. Felder, 1862), foram registros novos para Maquiné. Face o ineditismo dos dados, espera-se que o Presente estudo seja base para futuras pesquisas com esta guilda específica, da qual pouco Se conhece no Rio Grande do Sul.
Abstract Diversity of fruit-feeding butterflies (Lepidoptera: Nymphalidae) and evaluation of the use of baited traps associated to mark-recapture in Atlantic Forest environments, South Brazil. This work aimed to study fruit-feeding butterflies with baited traps, method for which there are no records of the standartized use in Rio Grande do Sul. Field work was carried out at the Maquiné Valley (29º 35’S 50º 16’W GR), RS, Brazil, from december/2006 to april/2007. Two transects were sampled: one along a forest at an intermediate stage of regeneration (M1) and another within a well preserved forest (MP). Richness analytical estimators, diversity, similarity and dominance indexes were calculated. As a whole, 684 individuals (N) in 34 species (S) were sampled (MI: S = 27 and N = 429 and MP: S = 25, N = 255). Species richness estimators indicated that 7040% of the fauna was sampled, Over 70% of individuals belonged to just five species, revealing a high dominance pattern. Satyrinae was the richest subfamily (S = 10) and the most abundant Biblidinae (N = 350). Hamadryas epinome (Felder & Felder, 1867) was the most abundant species, with marked dominance in MI. More than 50% of the species were shared among MI and MP. Jaccard (0,53) e Morisita (0,85) indexes corroborate the similarity between the sites. Comparing these results with those yielded by a survey conducted concomitantly at the same areas but using with butterfly nets, species richness and abundance was much higher for the fruit-feeding butterflies guild using baited traps. Thus, it is emphasized the importance of the use of traps for studying this guild. Also, there was a significant association between method of capture and abundance of subfamilies (P < 0.001). Among the four most abundant species, 21 to 59 % of individuals were recaptured at least once. Data on longevity was surprising, indicating survival beyond the expected and known for neotropical fruit-feeding butterflies: e.g., for two H. epinome it was registered 128 and 129 days between first and last capture (maximum recordable the period of study). Catoblepia amphirhoe (Hübner, [1 825]), Penetes pamphanis Doubleday, [1 849], Caligo brasiliensis (C. Felder, 1862), were new records for Maquiné. Given the novelty of the data here Presented, it is expected that this study shall encourage and support future research with this particular guild, for which so little is known in Rio Grande do Sul.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17680
Arquivos Descrição Formato
000708893.pdf (6.154Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.