Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do programa farmácia popular do Brasil : aspectos referentes a estrutura e a processos

.

Avaliação do programa farmácia popular do Brasil : aspectos referentes a estrutura e a processos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do programa farmácia popular do Brasil : aspectos referentes a estrutura e a processos
Autor Junges, Fernanda
Orientador Castro, Mauro Silveira de
Data 2009
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Assunto Atenção farmacêutica
Programas nacionais de saúde
[en] Access
[en] Assessment program health
[en] Pharmaceutical care
Resumo O Programa Farmácia Popular do Brasil, criado em 2004 pelo Governo Federal tem como objetivo ampliação do acesso da população aos medicamentos. Objetivos: avaliar a Rede Própria do Programa Farmácia Popular do Brasil no que diz respeito a aspectos como estrutura física, perfil dos profissionais farmacêuticos das unidades assim como seu conhecimento relacionado à Atenção Farmacêutica e ao Programa, avaliar o treinamento oferecido as unidades desenvolvendo para isso um modelo lógico e indicadores de estrutura e processo. Métodos: Trata-se de uma análise de intervenção, possuindo delineamento transversal. Foram analisados 60 relatórios técnicos de visitas realizadas a unidades do Programa de diferentes municípios brasileiros e foram realizadas 99 entrevistas telefônicas com os farmacêuticos das unidades. A amostra foi selecionada por conveniência, observando-se a necessidade de conter unidades dos diferentes estados brasileiros. Resultados: Os resultados demonstraram grande expansão do número de unidades assim como dos atendimentos realizados. Nenhuma unidade atendeu a todos os requisitos avaliados na estrutura física. Somente 30% das unidades analisadas apresentam o quadro de recursos humanos completo, porém todas unidades avaliadas apresentam pelo menos um farmacêutico e 90% delas apresentam 2 farmacêuticos. 64% dos entrevistados diz atender ao público de uma a 4 horas por dia e todos dizem prestar orientações aos usuários. 55% avaliou como ótima sua satisfação em trabalhar no programa e 39% como excelente. Somente 3% soube conceituar atenção farmacêutica, e somente 5% dizem realizar Atenção Farmacêutica. Somente 3 entrevistados acertaram todas as questões relacionadas ao Programa Farmácia Popular. Conclusões: observa-se a necessidade de um melhor monitoramento das unidades e definição de mecanismos mais efetivos de controle, avaliação assim como o descredenciamento dos parceiros que não cumpram as diretrizes do programa. A Atenção Farmacêutica ainda não é uma realidade do Programa embora o mesmo possua um ambiente propício para esta prática, necessitando-se realizar cursos de capacitação dos farmacêuticos.
Abstract The Program called "Farmácia Popular do Brasil" created in 2004 by the Federal Government aims to at expanding the population's access to medicines. Objectives: The study analyzes theoriginal model of the Program with respect to such aspects as physical structure, the occupational profile of the pharmaceutical units as well as their knowledge related to pharmaceutical care and the program, assess the training offered the units developed for this one logical model and indicators of structure and process. Results: The results showed great expansion in the number of units and the care provided. No unit responded to all requirements evaluated in the physical structure. Only 30% of the units have reviewed the framework of comprehensive human resources, but all units have evaluated at least one pharmacist and 90% of them have 2 pharmacists. 64% of respondents said the public an answer to 4 hours per day and all they provide guidance to users. 55% rated their satisfaction as good to work in the program and 39% as excellent. Only 3% knew pharmaceutical care concept, and only 5% say achieving pharmaceutical care. Only 3 respondents hit all issues related to the Program. Conclusion: there is a need for improved tracking of units and definition of more effective mechanisms of control, evaluation and the cancel the accreditation partners that do not meet the guidelines of the program. The pharmaceutical care is still not a reality of the program although it has an environment conducive to this practice, needing to take courses of training of pharmacists.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17702
Arquivos Descrição Formato
000723002.pdf (1.410Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.