Repositório Digital

A- A A+

Marcas e restos : concentração e organização de vestígios cotidianos

.

Marcas e restos : concentração e organização de vestígios cotidianos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Marcas e restos : concentração e organização de vestígios cotidianos
Autor Dias, Aline Maria
Orientador Cunha, Eduardo Figueiredo Vieira da
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Assunto Arte : Fracasso
Arte : Vestígios cotidianos
Arte contemporânea
Fotografia
Poeticas visuais
[en] Concentration
[en] Dust
[en] Failure
[en] Organization
[en] Photograph
[en] Vestiges
[fr] Échecs
[fr] Organisation
[fr] Photographie
[fr] Poussière
Resumo A pesquisa propõe um estudo sobre o estatuto de matérias 'pobres', vestígios provenientes da experiência cotidiana e suas implicações conceituais na produção artística abordada. Através da fotografia e da instalação, o trabalho articula uma tensão entre o caráter precário dos materiais e as tentativas de ordená-los e apreendê-los, mediante procedimentos artísticos, como concentração e organização de resíduos. Ao analisar a tensão entre os procedimentos, a instabilidade dos materiais e processos de desintegração envolvidos no trabalho, tendo a poeira doméstica como imagem paradigmática, em sua condição lacunar, proliferante e fragmentária, a pesquisa discute a insustentabilidade de programas ordenatórios e desenvolve uma reflexão sobre o trabalho com(o) fracasso, destacando a sua dimensão negativa, utópica, processual e desestabilizadora.
Abstract The research proposes a study about the statute of "poor" material, vestiges from the everyday experience and its conceptual implications in the approached artistic production. Through photograph and installation, the work articulates a tension between the precarious character of the material and the attempts of ordering and apprehending them, through artistic procedures, like concentration and residue organization. In analyzing the tension between procedures, the materials' instability and process of disintegration involved in the work, having domestic dust as paradigmatical image, in its lacunars condition, proliferating and fragmentary, the research discusses ordenatory programs' unsustainability and develops a reflection about the work as/with failure, highlighting its negative, utopist, processual and destabilizing dimension.
Résumé La recherche propose une étude sur le statut de matières `pauvres', vestiges provenant de l'expérience quotidienne et leurs implications conceptuelles dans la production artistique abordée. À travers la photographie et de l'installation, le travail articule une tension entre le caractère précaire des matériels et les tentatives de les commander et les appréhender, moyennant des procédures artistiques, comme la concentration et de l'organisation de résidus. Analyser la tension entre les procédures, l'instabilité des matériels et les procédures de désintégration impliquées dans le travail, en ayant la poussière domestique comme image paradigmatique, dans sa condition de lacune, proliférant et fragmentaire, la recherche discute l'insoutenabilité de programmes rangés et développe une réflexion sur le travail avec/comme des échecs, en détachant sa dimension négative, utopique, processive et déstabilisante.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17731
Arquivos Descrição Formato
000723668.pdf (5.035Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.