Repositório Digital

A- A A+

A relação dos PC's com o MDB-PMDB no cenário da transição e as eleições de 1982 no RS

.

A relação dos PC's com o MDB-PMDB no cenário da transição e as eleições de 1982 no RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A relação dos PC's com o MDB-PMDB no cenário da transição e as eleições de 1982 no RS
Autor Figueiredo, César Alessandro Sagrillo
Orientador Cánepa, Mercedes Maria Loguercio
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Política.
Assunto Brasil
Democracia
Ditadura militar
Eleições
Movimento Democrático Brasileiro.
Partido Comunista Brasileiro.
Partido Comunista do Brasil. (1961- )
Partido do Movimento Democrático Brasileiro.
Partidos políticos
Redemocratização
Rio Grande do Sul
[en] Election
[en] Party- MDB / PMDB
[en] PCB
[en] PCdoB
[en] Redemocratization Brazil
[en] Transition regime
Resumo A presente dissertação tem como objetivo fundamental o estudo da relação do PCB e do PCdoB com o MDB-PMDB no processo de distensão política da ditadura militar. Entre as questões estudadas destacam-se o processo de aproximação das agremiações comunistas ao MDB, enfatizando que este processo era reflexo dos limites impostos pelo regime autoritário, dando origem à dupla militância, por parte dos comunistas: legal (MDB-PMDB) e ilegal (PCB e PCdoB). Examinam-se as eleições no RS desde a instauração do bipartidarismo, com especial ênfase às eleições de 1982, que foi a última eleição em que essas três agremiações funcionaram como uma "unidade" partidária. Para tanto, analisa-se a linha tático-estratégica dos comunistas em consonância com o PMDB e as suas aspirações com respeito ao fim do regime, assim como o próprio cotidiano da vida partidária e os reflexos advindos desta dupla militância na dinâmica infrapartidária. Trata-se de um trabalho de reconstituição histórica em que, além das fontes bibliográficas e dos resultados eleitorais, faz-se uso da documentação partidária do período e de entrevistas com militantes partidários sobre as eleições de 1982.
Abstract This dissertation aims to study the fundamental relationship between the PCB and the PCdoB with the MDB-PMDB distension in the policy of the military dictatorship. Among the issues examined included the process of approximation of the MDB communist associations, emphasizing that this process was reflective of the limits imposed by the authoritarian regime, leading to double militancy on the part of communists: legal (MDB-PMDB) and illegal (PCB and PCdoB). It examines the elections in RS since to begin the bipartisan system, with special emphasis for election of 1982, which was the last election in that the three associations functioned as a "unity" party. Thus, it examines the strategic-tactical line of the communists in line with the PMDB and aspirations with respect to the end of the procedure, so as the daily life of the party and reflexes arising in the dynamics of double militancy into partisan. This paper is about a historical reconstitution where, besides the bibliographical sources and the electoral results, use the partisan documentation of the period and interviews with militant partisans the 1982 elections.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17816
Arquivos Descrição Formato
000718264.pdf (884.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.